Escrito por: Claudia MR

Olá galera! Desculpem-me pela demora do post; é que em dia de semana meu dia é sempre cheio, e foi só agora que eu cheguei em casa, jantei e tals.

Mas enfim, hoje vou falar de um jogo de Playstation 2 que é muito desconhecido, mas é ótimo, e apesar de parecer meio igual a outros em termos de história e tudo, ele tem uma essência muito diferente, e é um ótimo jogo. Ele se chama Kuon.


O jogo conta a história de uma mansão assombrada. Um famoso exorcista chamado Doman foi até ela, mas nunca mais voltou. Você pode controlar no começo duas personagens diferentes, que foram até lá por diferentes razões. Uma é na fase chamada ''Yin'' (capítulo das sombras), que gira em torno de Utsuki, que é a filha desse exorcista. Ela vai até a mansão com sua irmã Kureha para, obviamente, encontrar seu pai. E na fase chamada ''Yang'' (capítulo da luz), você controla Sakuya, uma discípula do exorcista.


Utsuki e Kureha.

Utsuki é uma garota doce e amável com sua irmã. Diferente de Sakuya, ela age com mais horror diante da situação em que se encontra, mas segue em frente para encontrar seu pai. Ela se preocupa muito com sua irmã, pois a mesma se sente culpada por um acidente que Kureha sofreu a uns tempos atrás, que deixou alguma consequências em sua saúde.





Já Sakuya, estava em treinamento com Doman antes dele desaparecer. Muitas pessoas a diminuíam como exorcista, pelo fato de ela ser a única mulher nesse ramo. Mas, como Doman não ligava para isso, ela se tornou sua discípula. Diferente de Utsuki, que vai até a mansão por uma razão mais emocional, Utsuki foi mais para querer descobrir o que aconteceu, e resolver a situação. Ela vai acompanhada de outros discípulos de Doman. Ela tem uma personalidade muito forte.



Existe uma terceira personagem, mas você só a desbloqueia depois de zerar o jogo nas duas fases. Ela é Abe no Seimei, uma poderosa exorcista, que Doman enxerga como uma certa ''rival''. Ela é muito inteligente e racional. Sua fase é chamada de ''Kuon''. Sua fase é importante para o encerramento do jogo, pois todas as fases tem ligações e te ajudam a desvendar a história por completo.




Enquanto jogamos, nos deparamos com monstros/fantasmas perturbadores, alguns puzzles, enigmas e chefes. Mas não são muito difíceis de resolver. Esse jogo tem muitos aspectos da cultura Japonesa, pois se passa no período Heian. Achei isso interessante, pois mesmo um jogo de terror sendo Japonês, nunca vi outro jogo que nos levasse a um período tão antigo, e para quem sabe, esse foi um dos períodos mais cheios de acontecimentos marcantes para a história Japonesa.

Jogabilidade



O jogo não tem uma jogabilidade muito vista nos jogos de horror, ela é chamada de ''tank control'' Para combater os inimigos, existem duas possibilidades, magia ou ataque fisíco. No ataque fisíco, cada personagem jogável tem uma arma. Utsuki uma faca, Sakuya um leque e Abe no Seimei uma lança. As armas de Utsuki e Sakuya podem melhorar seus ataques durante o jogo, mas a lança não participa disso. 

E quando você escolher usar magia, ela pode ser usada para atacar ou invocar. Nos ataques, você pode usar diversas cartas que você consegue no jogo, são várias magias diferentes que usam gelo e fogo. Na invocação você pode fazer armadilhas, atacar e ás vezes, até matar um inimigo de primeira. A invocação também pode ser usada como defesa.




No jogo, você escuta os batimentos cardíacos das personagens. Disso vocês já podem supor que elas podem entrar em estado de pânico. Se você corre muito, as personagens podem se cansar, para se recuperar você pode usar a meditação. Mas cuidado, se você estiver em pânico, a meditação não funciona. O jogo possui grandes possibilidades de exploração, e consultar o mapa, ajuda bastante.



Por fim, digo que Kuon é um jogo curioso, e que me passou a impressão de ser diferente de tudo que já joguei. Suas ambientações e músicas são ótimas. O jogo por ter muitas batalhas, pode ficar meio cansativo, mas nada que te atrapalhe de prosseguir. Como é um jogo diferente, pode não agradar a todos, mas se você gosta do gênero e procura por alguma ''novidade'', Kuon é a pedida.

Até a próxima!

Gostou? Compartilhe:

  1. Dead Space tem uma história muito intrigante e bem elaborada. Por esse dias eu estava assistindo alguns filmes sobre o jogo. Muito massa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops comentei errado. É que eu estava vendo a página do Dead Space tbm kkkkkkkkk. Mas também achei esse jogo legal. Pena não ter conhecido ele quando tinha o play 2.

      Excluir
  2. Esse jogo é muito bom, estou jogando e ele é diferente de tudo que eu já experimentei, vale a pena jogar. Um jogo que eu acho que vocês deveriam falar é o Rule of Rose, o jogo em si é muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oe Carol!
      Obrigada por comentar aqui!

      Então, no blog já falamos muuuuuito sobre Rule of Rose. Tem vários posts sobre ele e acho que você vai se interessar bastante!

      Veja aqui os que temos :3

      http://videogamesdeath.blogspot.com.br/search?q=rule+of+rose&search-button=

      Excluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!