Escrito por: Fernanda Turesso

Alice no País das Maravilhas é um clássico dos contos infantis. Todo mundo conhece a história da Alice, a menininha que seguiu o coelho branco e entrou no mundo das drogas maravilhas. E como as pessoas adoram coisas que metem medo, um cara muito legal chamado American Mcgee, resolveu criar um jogo mostrando o lado esquizofrênico e assustador do país das maravilhas. E por conta disso, todos os seus personagens acabaram tendo algumas mudanças. Então, fiquem por dentro de Wonderland!

Lembrando que esse post contém spoilers a todo o momento e aconselho, para quem não jogou os dois jogos de Alice, melhor não ler. 


-----------------------------------------------

White Rabbit 


Todos conhecem o Coelho Branco. Na história original ele era um coelho que estava sempre muito atrasado para um compromisso muito importante. Mas isso são outras histórias. Em American Mcgee's Alice o Coelho Branco é visto no prólogo do jogo, tomando chá com Alice e seus amigos na Festa Maluca do Chá. Quando o incêndio começou, o Coelho entrou em pânico e disse para todos que Alice devia despertar para sobreviver. Em desespero, o Chapeleiro Maluco gritou o nome dela, acordando-a para que ela pudesse escapar do terrível incêndio.

Em Wonderland, o Coelho Branco acaba sendo assassinado pelo Chapeleiro Maluco, que o esmaga com seus pés. Isso acaba deixando Alice bastante indecisa de continuar seu caminho, pois ela acaba achando que todos que ela tenta ajudar, vão acabar morrendo (assim como sua família).
Mas como todos os outros personagens que morrem ao longo da história, o Coelho Branco acaba ressuscitando quando Alice recupera sua sanidade, após matar a Rainha de Copas. O Coelho Branco parece ser o equivalente ao bicho de pelúcia em forma de coelho da Alice, que sobreviveu ao fogo junto dela.

Logo quando Alice acaba perdendo a sanidade outra vez em Alice Madness Returns, o Coelho é visto navegando em um longo rio junto de Alice durante uma terapia de hipnose. Lá ele começa a sangrar pela boca e olhos e, eventualmente, sua cabeça explode por completo. Isso foi o estopim para que os eventos que deixaram Wonderland poluída pela insanidade começassem a aparecer para Alice.

Aparência e Personalidade


Sua aparência parece sarnenta, com bigodes quebrados e dentes tão amarelos que parecem podres. Seus olhos tendem a sair das órbitas e parecem ser muito inquietos, similares aos grandes olhos de Alice, que são, provavelmente, causados por algo semelhante à um transtorno de ansiedade ou distúrbios da tireoide.

O Coelho Branco parece ser uma criatura madura, que não aprova chegadas tardias e perseguições. Ele tem uma voz bastante ligeira. Seu sotaque inglês é extremamente exagerado. Sua personalidade é semelhante à dos coelhos brancos originais e parece ser um pouco ileso das demências de Wonderland.

Uma característica do Coelho que não mudou em nenhum título é o seu constante esforço por pontualidade, e ele ainda parece estar sempre dois passos à frente de Alice.

Trivia

- O beta de Alice mostra que o Coelho Branco foi consideravelmente maior do que a Alice, quando em jogo, ele é do mesmo tamanho dela.

- Originalmente era para o coelho ser visto em Wonderland, mas por algum motivo, sua participação foi deixada de lado. É possível que a sua exclusão na sequência (Alice Madness Returns) seja devido ao coelho de pelúcia de Alice estar fora de sua posse durante o jogo.

A Duquesa e o Porco 



A Duquesa é uma nobre residente de Wonderland. Ela é mãe do Porco e era a antiga dona do gato Cheshire.

No conto original, a Duquesa é encontrada por Alice em sua própria casa para perguntar algumas coisas. Lá ela é encontrada numa cozinha cheia de fumaça e com um forte cheiro de pimenta. Isso acabou deixando-a muito violenta e corriqueiramente ela batia muito em seu filho bebê, pois achava que ele estava espirrando só para afrontar ela.

Logo a Duquesa dá seu filho para Alice para que ela pudesse se preparar para o jogo de croquete. Alice leva o bebê para longe dela, mas, para sua surpresa ele acaba virando um leitão. Assim Alice o manda para a floresta e ele faz o seu caminho sozinho.

Em American Mcgee's Alice, encontramos a Duquesa dentro da casa do Bill McGill. Ela estava se escondendo da Rainha de Copas, que queria sua cabeça. A Duquesa aparece ao encontro de Alice com um moedor de pimenta letal. Isso parece que a corrompeu a Duquesa, igual aconteceu no conto original, mas em grandes proporções. Agora, ela é uma canibal violenta. Com o desejo de comer Alice, as duas começam a lutar. Sendo derrotada, a Duquesa acaba tendo um ataque de espirros por causa da pimenta e assim explode sua cabeça.

Já em Madness Returns, encontramos a Duquesa viva novamente. Dessa vez ela parece mais jovem e bem mais amigável do que no último encontro. Nisso, ela pede para Alice procurar alguns focinhos de porco (pois agora ela está numa dieta nova e acha isso mais saudável que comer humanos) e em troca daria alguns presentes.

Ao trazer os primeiros focinhos, a Duquesa entrega uma cesta com dentes para Alice e em seguida a manda sair dali. Isso implica que de alguma forma a insanidade não corrompeu a Duquesa ainda.

O Porco 

O Porco era filho único da Duquesa (como foi visto na época) e acreditava-se que ele era muito maltratado e que ela batia muito nele pelo fato de ele espirrar muito (acreditando que ele só espirrava para afrontá-la). E em uma pequena casa de campo onde o cozinheiro adorava colocar quantidades excessivas de pimenta em suas refeições, é altamente provável que a criança havia sofrido muito nas mãos de sua mãe. Mas isso acabou até Alice o resgatar das mães de sua mãe e ele se transformar em um leitão quando saiu de casa.

Em American Mcgee's Alice, o Porco nunca apareceu no jogo, mas um retrato dele pode ser visto no quarto onde a Duquesa se escondia. Como se vê, Alice estava certa, ele não era uma criança feia, mas sim um porco bonito. Ele parece ter atingido certa riqueza, pois no retrato ele parece bastante elegante fumando.
A Duquesa, no entanto, parece ter tido muitos outros filhos durante a estadia de Alice no asilo, e, jogava as crianças porcas em direção a ela para que explodissem com o impacto.

Em Alice Madnesse Returns, o Porco não aparece no jogo, no entanto, não parece que ele iria se sentir muito bem-vindo na casa de sua mãe, agora que a Duquesa recorreu a uma dieta exclusivamente de porco.

Trivia 


- No conteúdo extra, é revelado que Alice quase preferia a Duquesa canibal devido ao seu cinismo, ela era muito mais previsível. Sua arrogância e a falta de confiança talvez seja possivelmente uma referência ao Nan Sharpe.

- Em contrapartida, a Duquesa é a enfermeira D do Asilo Rutledge (que é atacada por Alice, que a chama de Duquesa).

- A Duquesa usou seu filho (e possivelmente outros filhos e filhas) como uma arma secundária em American Mcgee's Alice. A Duquesa jogava um leitão na direção de Alice, que explodia com o impacto.

- O moedor de pimenta que o jogador recebe em Madness Returns é também uma arma que a Duquesa usava para lutar em American Mcgee's Alice.

- A Duquesa afirma que ela está com uma dieta composta apenas de porco, especialmente bacon. Curiosamente, muitos dizem que a carne humana tem um sabor muito semelhante ao porco. Além disso, o termo "long pig" significa carne humana.

- A fixação da Duquesa por pimenta pode ser uma referência para o menor padrão da classe vitoriana de colocar quantidades excessivas de pimenta (pois era o tempero mais barato) na sua alimentação, pois muitas vezes eles tiveram que cobrir o gosto de carne estragada. Em Alice Madness Returns, a Duquesa poderia ser parte dessa influência.

O Chapeleiro Maluco

A Lebre de Março e o Ratão


Em American Mcgee's Alice a Lebre de Março não gosta muito da Festa Maluca do Chá em seu jardim. A Lebre, juntamente com o Ratão, foram vítimas de uma experimentação insana do Chapeleiro Maluco. Ele, com seus amigos, estavam tendo uma Festa Maluca do Chá com Alice quando sua casa pegou fogo.

Ele pode ficar se lamentando um pouco da situação e oferecer a Alice algumas informações insignificantes. A Lebre de Março revela que o Chapeleiro Maluco tem desenvolvido um grande senso de pontualidade (de forma semelhante ao comportamento do Coelho Branco) e que ele, certamente, não se atrasará para testar suas experiências às seis horas.

Já em Alice Madness Returns a Lebre de Março e o Ratão tomaram o controle do domínio do Chapeleiro Maluco para que pudessem construir o Trem Infernal. Ele controlava as partes do Chapeleiro, fazendo suas pernas correrem em uma roda (parecida com aquelas de Hamster), a fim de poder ter mais poder na fábrica.

Quando Alice chega, a Lebre de Março tenta matá-la com armadilhas de esmagamento, mas Alice consegue sobreviver e libertar os Dodos. E também consegue libertar das partes do Chapeleiro Maluco.
Logo que o Chapeleiro consegue ser construído novamente, um mecanismo é destruído por ele e isso faz com que a fabrica toda entre em colapso, matando a Lebre, o Ratão e o Chapeleiro.

O Ratão

No conto original, o Ratão passava seus dias numa Festa Maluca do Chá interminável com a Lebre de Março e o Chapeleiro Maluco. Ele é propenso a adormecer durante as conversas. Ele e seus amigos estavam com Alice quando sua casa pegou fogo.

Em American Mcgee's Alice, igual a Lebre de Março, o Ratão se tornou, literalmente, um rato de laboratório na oficina do Chapeleiro Maluco. Ainda propenso a adormecer durante as conversas - parcialmente, por causa dos medicamentos que o Chapeleiro dava -, o Ratão parecia pouco ciente das suas condições.
Alice o encontra amarrado numa mesa de dissecação, com seu trato gastrointestinal exposto e as pernas substituídas por peças robóticas.

Tanto o Ratão quanto a Lebre de Março são simbólicos na Wonderland corrompida. Eles representam os pacientes doentes que são abusados em experimentações médicas pelos profissionais do Rutledge Asylum. Mas por mais que pareçam estar sofrendo, Alice não faz nada para libertá-los de seus tormentos.

Em Alice Madness Returns, foi usada uma inversão irônica da história. Agora ele e a Lebre de Março estão sob o controle do domínio do Chapeleiro e estão usando-o para construir o Trem Infernal.

Trivias


- Curiosamente a Lebre e o Ratão parecem misturar suas metáforas quando ameaçam Alice (em Madness Returns). A Lebre de Março anuncia que vai fazer Alice se sentir "como uma lagosta jogada numa panela fervente", embora seus principais métodos de ataque envolvam esmagamento. Da mesma forma, o Ratão diz para Alice que ele vai esmagá-la, mesmo que ele use tanques metálicos superaquecidos para tentar matá-la.  

- A aparição do Ratão em Alice Madness Returns pode ser atribuída ao "reboot" psicótico que o doutor Bumby tentou impor na psique de Alice. 

Caterpillar


No conto original Alice encontra a Caterpillar logo depois de sair da casa do coelho e beber uma poção do encolhimento. A Caterpillar estava sentada em um cogumelo fumando um narguilé e logo começou a questionar Alice, perguntando coisas como "quem é você?". Alice começou a ficar muito confusa nessa parte e não sabia mais quem era ficando com uma crise de identidade por estar mudando de forma muito rápido em muito pouco tempo. Logo a Caterpillar deu um conselho para que Alice controlasse seu temperamento e assim a ensinou sobre como comer o cogumelo, para que ela pudesse voltar ao seu tamanho original.

Em American Mcgee's Alice, Wonderland inteira está muito corrompida com a insanidade de Alice, e lá ela tentou procurar a Caterpillar para descobrir o porquê de ser trazida de volta para Wonderland. Logo a Caterpillar explicou que só ela poderia reverter a corrompida Wonderland, sendo que a única maneira era matando a Rainha de Copas.

Ela também explicou que a morte da Rainha não era só a cura para a corrupção em Wonderland, mas também, o único remédio para a insanidade de Alice.

Em Alice Madness Returns a Caterpillar acaba virando uma espécie de messias para as formigas de origami. Elas acreditavam que a Caterpillar iria salvá-las da ameaça mortal que eram as Vespas Samurais que estavam assolando a vila toda. No entanto nada aconteceu, muitas foram mortas e as formigas acabaram perdendo a fé na Caterpillar. Mais tarde podemos encontrar a Caterpillar presa dentro de um casulo, e isso foi o motivo de ela não ter feito nada pelas formigas de origami. Logo que ele acordou, aconselhou Alice a ir falar com a Rainha de Copas para encontrarem a causa desse caos recém-descoberto em Wonderland.

A Caterpillar serve para abrir os olhos de Alice para com os abusos que as crianças do orfanato e ela mesma recebem do Doutor Bumby, e assim ela explica que enquanto os abusadores não forem punidos nada disso iria melhorar. E Alice não conseguia enxergar isso antes por estar muito presa dentro de seus próprios problemas.


Bom pessoal, semana que vem eu postarei a segunda parte do "Por dentro de Wonderland"!
Espero que tenham gostado!

Gostou? Compartilhe:

  1. E lá ia eu, achando que não tinha visto essa análise ainda! Alice é meu conto de fadas embora não o veja assim, favorito. O engraçado sobre a lagartona é que ela fumava ópio, pelo que parece. Ainda não era uma droga proibida na época.

    ResponderExcluir
  2. Análise do DivulganteMorte, vale muito à pena ler: http://divulgantemorte.blogspot.com.br/2013/11/analisemorte-american-mcgees-alice.html?m=1

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!