Escrito por: Claudia MR

Oláá galera! Hoje vou falar sobre um indie game (gratuito), que não é um terror, mas aceitar a morte é um de seus principais temas, e ele tem alguns cenários mais obscuros. A review não está imensa, já que o jogo é curto..

O jogo puxa muito para o lado emocional, e sua arte é bem bonita. Apesar de ser um jogo curto, deixa com certeza em nós, o medo de perder alguém que amamos, afinal, todos perdem um dia. Provavelmente você pensou em perder sua mãe (ou outra pessoa da sua família). Mas, não é sobre perder familiares que se trata o jogo, e sim, sobre perder seu melhor amigo. Uma comovente história de amizade, amor, arrependimentos e aceitação.




Mas, esse jogo não deixa muita coisa clara. Apesar de o que acontece nele ser óbvio, os ensinamentos e os puzzles que você deve resolver, nem sempre são óbvios. O que é bom, já que deixa o jogo mais desafiador. Lembrando que não bastam ações para que você conclua os puzzles, em cada fase, a personagem precisa aceitar a morte de sua melhor amiga. Mas eles não são difíceis, lembre-se que nesse jogo, mais vale a história.




O jogo, pelos seus cenários e música, consegue passar muito bem os sentimentos do personagem. É impressionante como o cenário muda, de um feliz momento de amizade, para um ambiente tenso, chuvoso e confuso. Lembrando que os personagens também tem voz, e os desenvolvedores conseguiram colocar as emoções nas vozes, uma voz ''sorridente'' ou uma voz desesperada.



A história do jogo fala sobre Amber e Fio, duas melhores amigas começam o jogo felizes em um parque. Quando Fio decide contar para Amber que ela está para morrer, uma figura feia sai de uma porta e a leva embora, deixando uma confusa Amber para trás. Não escutou da boca da amiga que a perderia, mas quando isso foi se mostrando para Amber, a mesma não quer aceitar, o que a leva na pequena, mas significativa jornada de aceitação.

Enfim, o jogo é ótimo. Muito bonito, história bem feita, trilha sonora e falas são boas. E é com certeza um jogo que mexe com suas emoções, e te faz refletir sobre a sua própria vida.

Até mais!

Gostou? Compartilhe:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!