Escrito por: Fernanda Turesso

Dino Crisis é um survival horror da Capcom que foi lançado em 1999. Seu criador é nada mais, nada menos que o próprio Shinji Mikami.
Dino Crisis não atingiu o mesmo nível de sucesso de Resident Evil, mas ficou popular o suficiente para ganhar continuações como: Dino Crisis 2 e a merda do Dino Crisis 3.
Mas apesar dos pesares, saiu um spin-off de Dino Crisis para as séries Gun Survivor da Capcom, então tivemos um quarto jogo da série chamado “Dino Stalker (na América) e Gun Suvivor 3: Dino Crisis (no Japão).
"Numa ilha isolada, o horror aguarda..."
Dino Crisis conta a história de uma unidade de resgate chamada S.O.R.T., que tem de ir a uma ilha desconhecida chamada Ibis. O cientista Edward Kirk, uma autoridade mundial em pesquisas energéticas, aparentemente morreu três anos atrás. Na verdade, ele está vivo e trabalhando com um grupo de pesquisa numa ilha isolada, quando o governo descobre, envia um grupo para trazer Kirk de volta a seu país de origem. O cientista desenvolveu uma fonte de energia chamada de Third Energy. Os agentes – chegando à ilha – descobrem que o lugar está cheio de dinossauros e que quase todos os trabalhadores foram mortos!
Agora cabe à eles encontrarem o Dr.Kirk e fugirem desse Parque dos Dinossauros macabro!
Jogabilidade & Gráficos
Bom, pensando que Mikami é o diretor de Dino Crisis e Resident Evil, então é óbvio que os dois jogos iriam ficar, no mínimo, muito parecidos.
Uma coisa que eu comento sempre com as pessoas é que: “artista não deve fazer mais do um projeto se o anterior ficou famoso”.
Por quê?
Sempre vai ficar IGUAL ou muito parecido. Não dá, criador não consegue escapar disso. Seja pela história, seja pelo traço do desenho, jeito de contar alguma coisa, jeito de algum personagem, etc.
Vemos isso onde?
Quem lê bastante mangá, sabe que isso acontece toda hora.
Alguns exemplos são Junji Ito. Todos os seus mangás tem quase a mesma história, a mesma forma de contar e os personagens são desenhados quase que iguais.
Mas isso não quer dizer que seja ruim. O trabalho pode não ser tão famoso (ou pode ser mais ainda) do que o original que aquele artista/diretor/ator fez.
E ai temos o Dino Crisis!
Ele possui um sistema de jogabilidade semelhante ao Resident Evil 2.
Podemos controlar Regina, um membro da equipe de forças especiais que é enviada para investigar a instalação militar em que o Dr.Kirk se encontra.
Dessa vez a Capcom continua a colocar inimigos mortos-vivos no jogo, por assim dizer. Já que os dinossauros foram extintos há eras e só agora eles foram trazidos de volta a vida nessa Terra moderna.
Enfim, Dino Crisis é uma mistura mágica de Jurassic Park com Resident Evil. Ta ai uma boa combinação!
Continuando… Temos agora um survival horror jurássico e assim a Capcom promoveu o jogo como um “Survival Panic”.
Ao contrário de Resident Evil, – que contou com personagens poligonais e objetos sobrepostos nos fundos pré-renderizados – Dino Crisis é totalmente poligonal, embora sua câmera siga o jogador a partir de ângulos fixos igual ao parente.
As ações do jogador também são realizadas de forma semelhante mas com diferenças, como sendo capaz de mirar as armas enquanto anda. Outras diferenças incluem nas munições: temos tranquilizantes que podem ser usados no lugar. Assim fazendo com que os dinossauros fiquem caídos por um tempo breve.
Já na parte de saúde, temos o importante Hemostato. Regina pode ser atacada e ficar sangrando, isso faz você morrer gradativamente. Além de que também pode deixar um rastro de sangue e atrair mais dinossauros para seu encalço. Então o Hemostato é bom para parar sangramentos.
Regina também pode ativar lasers em portas que estão espalhados por toda a instalação da ilha. Eles são úteis para prender os dinossauros em algum lugar, ou para simplesmente fugir deles e matá-los mais facilmente.
Uma coisa bastante divertida em Dino Crisis são os “eventos de perigo” – vamos chamar assim -, nele o jogador deve se defender de um dinossauro que o ataca repentinamente, assim você tem que pressionar botões de ação para conseguir se soltar do dinossauro enfurecido.
Dai temos a parte parecida com RE. Quanto aos itens chave (incluindo algumas armas), eles podem ser obtidos por um tempo determinado, porque, a capacidade do inventário de Regina é limitada e aí teremos que armazenar os itens que sobraram em algumas caixas de armazenamento chamadas “caixas de emergência”.
Mas ai temos os diferencial (claro), ao contrário do baú do Resident Evil, as caixas de emergência só podem ser acessadas por meio de certa quantidade de fichas necessárias para abri-la. Além disso, o jogador só poderá ter acesso às caixas de emergência remotamente com outras se eles tiverem o mesmo código de cor (vermelho, verde ou amarelo). Ou seja, é um saco ter que depender delas, fique sempre com itens importantes à mão!
Há muitos enigmas para resolver e para que o jogador possa continuar a jogatina. Muitas das portas da instalação estão fechas e utilizam um sistema de senhas meio parecido com alguns laboratórios de RE. A instalação utiliza um DDK (chave de disco digital) e devem ser descriptografadas com a inserção de códigos dos discos de entrada.
Há também muitos pontos de ramificação em que o jogador deve decidir as opções, muitas vezes isso irá acontecer entre brigas dos companheiros da equipe.
Os “save points” continuam parecidos com os do parente zumbi. Só que aqui, ao invés de máquinas de escrever, entraremos em alguma sala segura e ao sairmos dessa sala poderemos salvar o jogo. Então, teremos várias dessas espalhadas pelo jogo, lembre-se de marcá-las bem!
Alguns inimigos

Há apenas um pequneo número de dinossauros caracterizados no jogo, no entanto, algumas espécies têm formas diferentes que fornecem diferentes níveis de resistência à serem mortas e em diferentes níveis de dano.
Temo por exemplo o Velociraptor. As primeiras espécies a aparecerem no jogo e são as mais comuns. O jogador sempre será surpreendido por eles, principalmente quando o ambiente estiver em clima de suspense.
Os Compsognathus são pequenos dinossauros que atacam em grupos enormes. Normalmente eles estão comendo carniça e corpos já mortos. Eles estão sempre escondidos nas tubolações ou em lugares pequenos. Quando aparecerem muitos deles, é melhor você correr, pois são mais letais que um Velociraptor!
Temos também um bem conhecido, o Pteranodon que é um gigantesco pterossauro que frequentemente ataca em áreas abertas ou quem tenham o céu aberto. Ele não lhe ataca diretamente, apenas gosta de te segurar no ar e jogar lá de cima ou em cima de ventiladores gigantes!
E o mais conhecido de todos, o Tyrannosaurus, ou um T-Rex (como queiserem chamá-lo), é o único tiranossauro do jogo e é o que mata um dos membros da equipe no comecinho do jogo. Normalmente ele aparece em horas impróprias e sai correndo atrás de ti.
Há alguns momentos especificos para se lutar contra esse dinossauro, pois ele é tremendamente forte e nem todas as armas que Regina possui, irão afetá-lo!
[Algumas Trivias sobre Regina]

- Regina pode significar (em latim, italiano e romeno) a palavra “Rainha”.
- Regina é um personagem jogável em Namco X Capcom, um Action-RPG/RPG Tático híbrido desenvolvido pela Monolith Soft e apresenta personagens de jogos produzidos pelas companhias Namco e Capcom.
- Em certas partes do primeiro Dino Crisis, Regina tem olhos azuis ao invés de marrons.
- Regina também aparece como um traje alternativo para Jill Valentine em Resident Evil 3: Nemesis, completo, até a peruca vermelha.
- Em Dino Crisis, a CG oficial de Regina deixa ela parecida com uma japonesa. No entanto, em Dino Crisis 2, ela já aparece mais americanizada nas CGs.
Bom pessoal! Espero que tenham gostado! <3

Gostou? Compartilhe:

  1. Este jogo fez parte da minha infancia!!
    Principalmente o primeiro episodio.Nunca vou me esquecer dos enigmas muito dificeis, do maldito dinossauro voador que me jogava no ventilador e do F%#$%@%$!@* do t-rex que aparece no heliporto e destroi o meu helicóptero lindo por onde eu ia escapar =(

    Um ÒTIMO game!!

    ResponderExcluir
  2. Os Dois primeiro jogos são muito bons, joguei pirralhinho , morri muito xD. Só não entendi o sentido do 3 em que fizeram Dinossauros Zumbis Espaciais UHAUEHAUHEAUEHAUEH ,Capcom adora mudar o rumo das coisas, não conseguem manter uma linha de jogo

    ResponderExcluir
  3. Esse lance de artistas famosos não conseguirem criar coisas diferentes acontece talvez por eles decidirem fazer algo só por fazer. por sentirem que essa é sua responsabilidade como artistas famosos, ou por dinheiro, então criam algo baseado no trabalho anterior, ou ,nos piores casos, identico.
    Esperar outra "inspiração divina" aparecer e desenvolver outro trabalho do zero é arriscado demais para a fama deles, talvez tenham medo de mudar e evoluir seus estilos para não perder a fama. Eu não entendo dessas coisas, mas acho que o maior defeito da industria do entretenimento hoje em dia é a falta de coragem.

    ... Quando eu tinha o meu ps1 eu só jogava uns jogos infantis idiotas, agora eu fico baixando os que eu perdi da internet, se eu fosse comprar por mim mesmo ao invés de esperar meus pais me darem de presente com toda certeza não teria perdido esses jogos.

    ResponderExcluir
  4. é Anônimo, hoje em dia é foda mesmo pq o pessoal tem medo de mudar drásticamente.
    Não vejo problema... mas o problema mesmo é quando isso muda pra pior.

    IUSAHIUSHAIUS

    Mas ainda acho que o pior mesmo é nunca mudar e continuar com trabalhos sempre iguais!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o post parabens.
    Dino pra mim é um dos melhores jogos q já joguei.
    Gostaria de uma boa continuação ou um Remake estilo o Resident Evil 1 pro Game Cube.
    Gostei da imagem q uso no inicio como baner da postagem.

    ResponderExcluir
  6. Ah vlw Jezuz!

    Pois é, todos queríamos uma continuação decente pro coitado do Dino Crisis. Mas há quem goste do DC2... Mas dúvido que tenha alguém que tenha gostado do 3 (aquela bosta). Enfim...

    Um remake no estilo do REmake seria ótimo né?
    Bem que poderiam reviver a saga do DC, já que foi esquecida há anos :c

    ResponderExcluir
  7. mas quem sabe não venha um Remake dele, pq a um tempo atras a Capcom Europeia tinha aberto uma votação pra possivel remake e quem ganho foi o DC, até eu cria uma conta so pra vota :P
    Eu curti o 2, mas acho o primeiro muito superior.
    Não vai rola nenhuma analise do Parasite Eve por ai ?

    ResponderExcluir
  8. Do Parasite Eve, pode ser que apareça :3

    É que faz um tempo que eu não ando jogando jogos antigos. Então eu teria que jogá-lo novamente, até porque eu nem lembro mais de algumas coisas do jogo XD

    Mas logo mandarei algumas coisinhas dele por aqui! o/

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!