Escrito por: Claudia MR


Oi pessoal! Hoje vim aqui falar de um jogo, que bem, se você jogar isso e se sentir bem depois, você é um psicopata D:

O que me fez continuar foi o fato de que eu já tinha começado e queria ver onde terminava, mesmo um pouquinho mal eu consegui jogar, foi uma experiência diferente de jogos que eu tive.

Esse jogo é um game Indie, muito bem feito, trilhas sonoras boas, personagens diferentes, e cada um com sua própria história. E falando em histórias, é justamente a história desse jogo que é diferente.

Nesse jogo, você assume o papel de Verge, um homem que parece um cara normal, que vive sozinho, tem seus gostos, paixões e estuda , se não fosse por uma coisinha que mudasse totalmente essa visão de ''cara comum''.
Verge faz parte de um site online, um site de torturadores, onde cada um deles posta vídeos de tortura no site (vídeos que eles mesmos fazem com alguém).




Verge não está tendo muito status no site ultimamente, e ainda por cima, é apaixonado por Daily, uma ex-modelo (tem fotos de quando ela ainda era modelo no quarto de Verge) que virou uma torturadora muito admirada e respeitada na comunidade. Esse amor não é recíproco, e Verge se sente frustrado por não conseguir nem o amor de Daily, nem fazer bons vídeos.




É aí que começa o jogo. Verge decide voltar a fazer vídeos, e vai até a loja de Lorry, que é um torturador e ao mesmo tempo dá aos torturadores os objetos de tortura, ele tem objetos humilhantes, de morte lenta e desesperada e objetos mais agressivos (você depende de sua lábia para o número de objetos que vai conseguir).




Então, você vai para uma rua, que Verge diz que é lá que ele escolhe quem vai ser torturado, e quem será a pessoa que terá o azar de ser percebido por ele. Lá, terão muitas pessoas passando, mas só alguma que serão coloridas e estarão andando devagar. Você deve se aproximar delas e começar primeiramente mentindo seu nome, depois você irá conhecendo melhor a pessoa até que ela simpatize com você e você a leve para casa.

A tela ficará preta e você estará em um porão, onde a pessoa estará amarrada, e no chão, os objetos de tortura, você tem que posicioná-los em lugares estratégicos, então você sai do quarto e a pessoa começa a ser filmada, a pessoa tem duas barras de vida, a de machucados e a outra de humilhações, uma das duas tem que ficar totalmente vazia para você ''vencer''.




Depois disso, você postará o vídeo no site, e terá uma mensagem de um fã querendo de conhecer, e assim o jogo prossegue.




No jogo, todos os personagens são coloridos, menos os torturadores, que a imagem deles é em branco e preto e seus olhos amarelos, como se fossem ''demônios'' (algo tenebroso).



Pois bem, esse é o jogo em que você está na pele de um psicopata, e é você quem escolhe como vai iludir as pessoas fazendo elas gostarem de você e como vai torturá-las, um jogo de fato bem perturbador.

No começo do jogo, você até simpatiza com ele, pois ele se mostra uma pessoa normal com seus problemas, e está frustrado por não conseguir ser aceito. Só depois que você percebe sua verdadeira natureza. Ele mesmo diz que gostava de maltratar animais e adorava o sofrimentos das pessoas em um filme de terror.
Verge também se apaixonou pela professora e depois a matou a sangue frio dizendo que matá-la o satisfez mais do que beijos e sexo.

A hora em que você começa a seduzir as vítimas, é a pior hora, pois elas são pessoas até agradáveis e que parecem acreditar e simpatizar com você, e são enganadas pelo jogador.




Umas delas é uma mulher religiosa que é professora do Jardim,adora crianças, mas tem um marido doente e cuida dele, ela não pode ter filhos.
Outra é uma mulher que era modelo e atriz, mas estava parada, e tem uma família com uma mãe doente para cuidar. Tem uns caras simpáticos, e por aí vai.

Jogabilidade




No jogo você tem um mapa, você escolhe para onde vai. Mas o jogo inteiro é praticamente em diálogos. Quando você vai escolher uma vítima, existe uma barra que vai subindo quanto mais a pessoa simpatiza com você, e várias opções de falas aparecem, e você tem que escolher as certas de acordo com a personalidade da pessoa, bem quando você começa a conversa, aparece a situação geral do personagem. Não é sempre que você vai conseguir de cara, mesmo respondendo certo, o truque é você sair da rua e voltar em seguida, a pessoa estará lá de novo e você pode continuar a tentar.




Depois, quando ela já está presa, você terá seus objetos, o shift ativa a descrição dos objetos e os solta no chão e o espaço pega o item e vê sua descrição, depois que você terminar de colocar as armadilhas, é só sair de lá.




Dentro do quarto de Verge tem o computador, lá você acessa o site e pode ver as atualizações e por lá você salva e sai do jogo.




Vou falar de alguns objetos de tortura. Tem os cortantes, tem um que rasga as roupas, tem uma porta falsa, uma corda, e outros que não sei bem dizer o que é.

Bem, no geral, é um jogo perturbante, sádico e que dá calafrios, mas até que é uma experiência de jogos que vale. 

É isso aí pessoal! Até logo.

Gostou? Compartilhe:

  1. Que joguinhozinho diabólico! É realmente interessante que criem jogos onde você está na pele de um assassino, a visão deles é totalmente diferente daqueles protagonistas inocentes e tapados (tipo Jeniffer de Rule of Rose, apesar do jogo ser bom ela é uma mula!)

    ResponderExcluir
  2. talve eu jogue qundo estiver sozinha, se não ai e que minha mãe vai embarcar na onde de que sou uma psicopata xD

    ResponderExcluir
  3. Que jogo estranho!!! vou experimentar, mas a ideia é bem criativa!

    ResponderExcluir
  4. É sim, Ana, minha mãe também já falou que sou calculista e tals, mas ela saiu dessa, ela bóia mesmo.

    ResponderExcluir
  5. O Calunio sempre que games interessantes :B Acho que sou psicopata, porque enquanto jogava o primeiro puzzle, me senti tão normal '-' Sei lá, não me senti mal como muitas outras pessoas que li antes de jogar, só fiquei irritado porque esses puzzles são uma merda de resolver xD Não consegui passar do primeiro e fiquei com raiva, deletei SHAUHSUAHSUHAUSHUHA Mas é muito interessante. O game é estranho assim porque o Calunio é psicólogo e faz algumas pesquisas nos jogos dele, como no último, Polymorphous Perversity. E oi Claudia *-* Guria há quanto tempo :D Como tu tá?

    ResponderExcluir
  6. Gaaaaaaabsss seu sumido D: Como vc some assim E_E Eu estou ótima, e você? xD

    ResponderExcluir
  7. Esse jogo é feito por um brasileiro pelo que pesquisei, dai procurei mais jogos dele em Rpg e encontrei um outro chamado Alvorada do Mal, é em português, só que ele não terminou esse.

    ResponderExcluir
  8. Ah sim, Alvorada do Mal eu ouvi falar bastante. Eu to querendo jogar, tomara que fique pronto logo D:

    ResponderExcluir
  9. Caraca, as ruas do jogos são as mesmas do Streets of Rage, um briga de rua!

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!