Escrito por: Claudia MR



The Witch's House, de início me lembrou João e Maria (sem o João) e Chapeuzinho Vermelho. João e Maria porque, uma garota perdida em uma floresta vai parar na casa de uma bruxa, e Chapeuzinho Vermelho pela garota e um caçador (que seria o pai da nossa protagonista. Depois falo dele).

É impressionante como esses contos tem tanta importância hoje em dia, já que na época que foram feitos, serviam apenas para alertar as crianças, ou contar para elas coisas sérias que, naquela época falar abertamente sobre elas era polêmico (como na história de Branca de Neve, que mostra o amadurecimento da garota pronta para cuidar de uma casa, e sua vida sexual pronta para ser iniciada em um casamento)

Na verdade, não sei se The Witch's House que passar alguma lição (se quiser, passou de forma bem agressiva e melancólica), mas, com certeza quer te deixar confuso.




Enfim, na história de The Witch's House, Viola se perde na floresta quando estava indo na casa de sua amiga. A única coisa que ela tem é uma carta de seu pai. Então, quando tenta sair, tem várias roseiras impedindo a passagem, o problema é que o machado (acho que era uma machado) não cortava essa roseiras, só cortavam as roseiras de uma passagem que ficava do outro lado. Depois de cortá-las, Viola vê apenas uma casa, e sem alternativa, entra lá.




Só não podemos esquecer de um gato preto que de vez em quando aparece do nada e fala com Viola, também salvamos o jogo com ele (esse gato meio que me lembra o Cheshire, aparece ás vezes e fazendo trocadilhos para te deixar confusa)




Então, ela vai parar na casa da bruxa, uma casa cheia de armadilhas e enigmas.



The Witch's House me lembra Ao Oni, Ib e Corpse Party. Ao Oni por todo o desespero de ''serei pego a qualquer momento'', Ib pela arte bizarra e Corpse Party pelas mortes e cenas horríveis. É um jogo que você fica sempre preocupado com armadilhas, e ao mesmo tempo achando que aquilo que pode ser uma armadilha também possa ser uma pista valiosa. Nesse jogo, salvar é sempre bom.




Aliás, esse é um jogo de muitas escolhas, das quais você tem que tomar cuidado. Elas podem te ajudar ou te prejudicar ao extremo.




Sem falar, que a bruxa do jogo, parece que tem depressão, algo assim. Tem seu diário na casa.




O jogo tem quatro finais se não me engano. Sendo que um deles, é o final verdadeiro.

SPOILER SPOILER SPOILER!!! (Grifado em Cinza)

O final verdadeiro, é o que nos deixa confusos. Nele, a bruxa troca de corpo com Viola, sendo que no fim, ela acaba sendo morta pelo próprio pai, e a bruxa (que está em seu corpo) acaba ficando com o pai. ela deve ter feito isso, porque em seus diários, ela dizia que ficava sozinha, ao que parece, ela queria o amor do pai de Viola. A questão é se  pai notou alguma diferença e depois viu o que tinha feito (podendo ter resultado em suicídio).

FIM DO SPOILER

Jogabilidade e Gráficos

Os gráficos de The Witch's House é uma coisa bem One Night, é aquele gráfico de RPG Maker. A casa da bruxa tem as luzes escuras, o que dá um toque de medo, suspense e também tristeza. As cenas mais ''agressivas'' são bem feitas, dá para te passar o desespero e a aflição perfeitamente.




A jogabilidade é super simples, como em todo RPG Maker, você usa as setas e principalmente o ENTER.

Witch's House tem puzzles e enigmas, alguns mais fáceis, outros mais dificeís, e alguns que são mais simples do que parecem. Existe umas certa confusão nos cômodos, e ás vezes você simplesmente se perde no meio do jogo, e fica sem saber o que fazer (na maioria das vezes quando tem um enigma ou uma dica que você não consegue pegar).




É um jogo que te pega desprevenido, então, você pode tomar bons sustos!

Site Oficial

A pessoa que criou o jogo, tem um site oficial especialmente para o jogo, ele é em japonês, e não é tudo que o Google traduz.

http://www.geocities.jp/majono_ie/

Bem pessoal, por hoje é só. Até a próxima!

Gostou? Compartilhe:

  1. Vejo que mudou um ''pouquinho'' o blog , gostei bastante .
    Ei Morte( ou até a Claudia)vocês nunca jogaram um RPG em português ?eu conheço um site que só tem jogos de RPG Maker em português, e no qual é muuito bom!

    ResponderExcluir
  2. Mais aonde ta os download de jogos que você deixava no blog ?

    ResponderExcluir
  3. ooi Larrl, ah que bom que gostou do layout novo! IUSAHUIS

    Tava tentando mudar o visual do blog fazia um tempo, dai optei por esse, espero que todos tenham gostado!

    E bem, sobre os downloads, a gente optou por tirar os downloads ilegais do blog, deixamos só os que são de graça mesmo. :3

    ResponderExcluir
  4. Já joguei muitos RPG makers em português xD Tem uns que até são feitos por brasileiros.

    ResponderExcluir
  5. Ontei mesmo fui procurar o jogo na wikipedia, mas não encontrei nada. Pelo que vi neste post ele é muito bom. Poderei joga-lo aqui sem nenhum problema :D

    ResponderExcluir
  6. Um talves eu jogue, se o meu computador permitir ja que esse maldito sempre da problema com jogos ¬¬

    ResponderExcluir
  7. Esqueçi de perduntar mas, tem uma tradução do jogo pra portugues? e porque eu entendo muito de ingles =S

    ResponderExcluir
  8. Claudia é siim realmente existem jogos de RPG Maker feito por brasileiros!
    Eu só conheço esse site de RPG Maker em português :http://www.mundorpgmaker.com/portal/

    ResponderExcluir
  9. Tem varios sites de RPG Maker com jogos excelentes. Tambem tem o http://www.santuariorpgmaker.com/

    ResponderExcluir
  10. Conheço esses dois já, tbm tem um que é rpgmaker brasil, algo assim xD Vish, infelizmente não existe Beatriz D:

    ResponderExcluir
  11. Não creio que a bruxa realmente tenha depressão,SPOILER:no final verdadeiro ela me pareceu um ser diabólico dizendo aquelas coisas, se o jogo passa uma mensagem eu creio que é algo como "Não tenha muita afeição por pessoas que você não conhece tão bem assim", não acho que elas se conheciam a muito tempo, enfim, não confie em ninguém, pode custar o seu pescoço xP

    Eu gostei bastante do jogo, é mais bonito que Ib e pelo menos pra mim o enrendo é melhor, no final eu fiquei chocado ao saber que a "Viola" era aquilo, já em Ib o enredo é muito confuso comparado com esse jogo, mas lá tem laços emocionais, o que é inexistente ao longo do gameplay em The Witch's House.

    ResponderExcluir
  12. Quase que eu esqueço de dizer, achei legal o layout do site xD, Clock Tower The First Fear é foda-q eu ia achar legal se desse pra ver a imagem melhor ali, lol.

    ResponderExcluir
  13. Uma pena que não dê. Tipo, não bem uma depressão, mas ela escrevia umas coisas que parece que ela era meio triste.

    ResponderExcluir
  14. Julioo, desculpe por não dar pra ver a imagem grande, mas é que eu editei o layout pra monitores widescreen de 29" pra cima...

    HIUSHAUISHIU
    Então, se teu monitor é quadrado ou menor que 29", não vai dar pra ver direito :c

    ResponderExcluir
  15. Epa, eu não sabia dessa lol, e não precisa se desculpar xD

    E realmente, ela parece ser triste, mas essa bruxa mardeta me passou uma impressão tão diabólica no final, eu não consegui imaginar que uma "coisa" assim poderia se deixar afetar por emoções fortes.

    ResponderExcluir
  16. Talvez as emoções fortes desencadearam isso xD

    ResponderExcluir
  17. O final verdadeiro é realmente muito tenso '-' eu consegui ele... mt foda

    ResponderExcluir
  18. Player Barbie jogando este jogo é muito f*da xD.

    ResponderExcluir
  19. Eu li o livro, graças a minha cara Morte. E depois de ler a análise pensei tipo: A menina do livro deve ser a bruxa, no caso mostrando como ela tornou-se a bruxa da casa e sua vida anterior a isso!! E foi isso mesmo! O gato me lembrou o animal do bizarro e sensacional "Coraline" meu filme de animação favorito. E até a música "Tag You're It" da minha amada Melanie Martinez, que aliás acho vocês vão gostar muito. Ótima review, Claudia!

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!