Escrito por: Claudia MR



Olá galera!

Então, vim falar de um jogo que apesar de ser um ótimo jogo de horror/romance(?)/suspense, é um Hentai. Acho que todos sabem o que é, maaaas se não vier ao caso, Hentai é simplesmente um gênero que mostra cenas pornográficas de modo explicito. Sei que tem muita gente que não gosta, eu mesma sou uma delas. Mas eu jogo games de terror(e derivados), não importa o que apareça neles, eu jogo apenas para ampliar minha experiência e ter mais conteúdo para vocês. O game é um Visual Novel.

Eu tenho mania de chamar Visual Novels de jogos, mas na verdade eles não são exatamente jogos, mas ao mesmo tempo eles são (isso me confunde. Tipo um paradoxo. Creio que sejam ''histórias interativas'') Mas, isso não importa agora, acho que todo mundo sabe o que são Visual Novels.




Como eu não tenho nada para fazer, lembro que levei uns cinco dias para terminar esse jogo, e se eu não precisasse esperar dar três horas para eu jogar (hora que já não tem mais ninguém em casa...), e só poder jogar até umas cinco horas, e depois começar as sete e parar umas nove, eu teria terminado em dois dias se bobear (não porque o jogo é curto, porque jogo o dia inteiro mesmo). O problema é que meu computador fica bem no corredor dos quartos. Seria um problema explicar para minha mãe/padrasto/funcionária do lar o que diabos estou jogando.

Bem, a história do jogo parece ser meio clichê, mas o jogo consegue se destacar nesse fato. Você controla Reiji, ele é um detetive e tem uma irmã. Reiji sempre vai em um bar que se chama ''Moon World'' (Lua Mundial?), e também teve sua esposa assassinada a uns anos atrás.





Então, um amigo de Reiji, que costumava ser um policial (isso significa que ele não é mais. Aaah sério? acho que o ''costumava'' deixou isso bem claro, ou não), disse a ele que estava acontecendo uma série de mortes bizarras (todas envolvendo pessoas jovens), e que ele achava que esse caso combinava com Reiji, e então, ele aceita investigar (que bom, senão não teria jogo)

Aliás, apesar de ser um jogo adulto (pelas cenas eróticas) todos os personagens estão na faixa dos vinte e dezoito (pra menos), só o Reiji que eu acho que tem trinta. Mas isso é só uma coisa que comentei, não adianta nada eles fazerem personagens sem atrativos em um jogo erótico (pelo menos para os meninos é agradável).




Então, no meio de tudo isso Reiji conhece Toko (que é a garota principal). Então, basicamente nesse jogo você tem que descobrir porque acontecem os assassinatos e o que cada personagem do jogo tem á ver com isso, e até o que o ''seu'' personagem tem á ver com isso.




Apesar de ser um jogo que tem romance, ele não é só de romance, é bizarro e melancólico, e eu não consigo considerar um jogo desses romântico, tem suas cenas românticas, mas no meio dessa bizarrice, acho que o romance e o sexo também se tornam bizarros (tipo perigoso. Talvez) Se a pessoa quer um Visual Novel romântico, jogue Wand of Fortune, Will'o Wisp e os que se encaixam aí. Só não espere cenas fortes nesses jogos citados, eles são apenas fofos (existem apenas cenas que fazem você cogitar a possibilidade de ter acontecido algo)




Esse é um jogo, que todos os personagens são muito importantes, mesmo Reiji e Toko se destacando, todos são importantes.

Já lí/joguei muitos Visual Novels, e muitos deles tem aquela reviravolta, aquela mudança radical, coisas que faz você ficar tipo ''O quê????'' ou ficar realmente muito bravo. Mas, Kara no Shoujo não tem nada disso, não que o jogo não te prenda (muito pelo contrário), mas é um jogo que trata de assassinatos, que mesmo sendo muito bizarros a história continua sendo ''bem real'', já que em grande parte do jogo você conhece muitos personagens e descobre sobre a vida e personalidade de cada um, e as ligações que certos personagens tem com os outros.




Mas, o jogo não deixa de ser ''confuso'', na verdade, como é uma história que contém assassinato e mistério, os fatos não podem ficar claros de vez, então você nunca vai saber o que REALMENTE está acontecendo. Se você quer ver o final, onde todos os fatos se ligam (e você percebe que a história do jogo é muito bem feita), apenas jogue, eu até estava com vontade de comentar o final e avisar sobre Spoilers, mas acho que essa é uma review que tem que te deixar apenas curioso.




Também volto a falar de seu envolvimento com os personagens (não de Reiji, mas o envolvimento de quem está jogando).
Pelo menos eu me ''envolvi'' com os personagens, tipo gostar de um e ficar preocupado pensando se vai acontecer algo com ele (comum nesse jogo você gostar de um personagem e ele acabar sendo assassinado), se ele não é assassinado, provavelmente algo ruim acontecerá com ele, sendo físico ou psicológico (ou os dois)




Jogabilidade

Normalmente, a jogabilidade de um Visual Novel não é nada que precisa ser explicado, você apenas clica e lê, e ás vezes interage com alguma coisinha. Esse jogo tem essa interação, mas tem três coisas que se destacam (uma nem tanto, porque até tem em muitos Visual Novels)
O seu personagem tem um notebook, lá tem todas as pistas que você conseguiu, fala sobre todos os personagens e mostra a ligação entre eles, fala sobre todos os assassinatos e está sempre com coisas novas.
E o outro fato é que você pode mudar os acontecimentos através de suas conclusões e escolhas erradas, o que pode te levar a um ''final ruim'' (lembrando que tem outros finais ruins). Ou seja, isso te força a realmente estar ''á par'' dos acontecimentos e ligá-los da forma certa.




O outro fator da jogabilidade é que você escolhe o lugar para onde você quer ir (tipo no Clock Tower 2), e isso afeta a história, já que em cada lugar existem personagens e acontecimentos diferentes. Se não me engano são dois lugares que você pode escolher por dia, depois você volta para casa.




Gráficos

Como todos os Visual Novels, é tudo em estilo anime. Eu acho que as cenas tem desenhos muito bonitos, você sempre quer olhar para todo o cenário ao seu redor. As personagens também tem belos traços. 




Quanto as cenas eróticas, também são estilo Divi Dead (um pouco menos bizarras)Mas, a maioria das personagens tem grandes proporções (o que é comum em jogos do gênero. Vide Divi Dead) O jogo também é bem colorido e as cenas de assassinatos são bem bizarras mesmo.


Áudio

O jogo tem músicas muito agradáveis, e que dão o clima certo para os acontecimentos. As músicas de fundo das cenas, estão sempre de acordo com os acontecimentos. As vozes dos personagens são boas e passam a emoção também, nenhum deles tem uma voz que seja ruim, todos tem uma voz ''agradável'' de se ouvir.
O jogo também tem uma abertura interessante, que mostra os personagens e muitas cenas bizarras, sem deixar muito claro sobre a história do jogo.




Vou concluir o post por aqui mesmo. É um jogo ótimo, acho que eu daria uns nove para ele. A história é muito bem feita e interessante, os personagens são envolventes e a arte do jogo é muito agradável também.




Até logo pessoal! 

Gostou? Compartilhe:

  1. uia, esse parece bom ein... gostei da review! <3

    vou baixar esse ai, o bom que tá em inglês né! muahaha

    ResponderExcluir
  2. Nossa! nessas horas é importante saber o inglês né -.- hora de ir estudar!

    ResponderExcluir
  3. E como sempre os posts do VGD estão super bem feitos!

    ResponderExcluir
  4. ah Larrl... aprendi inglês quando comecei a ler mais visual novels. Ajudam bastante a entender :3

    aproveita ai e jogue todos o/

    ResponderExcluir
  5. Eu aprendi pelos games e porque faço inglês desde que eu tinha 5 anos véi xD

    ResponderExcluir
  6. Alguem poderia postar o link de download se puder agradeceria muito

    ResponderExcluir
  7. Òtimo review,pareçe ser um jogo interessante pelo suspense,msm tendo eroge(odeio),mas deve ser um jogo ótimo e o traço é lindo.

    ResponderExcluir
  8. obs:Sou o Rodrigo Monticelli la do face )3) adoro esse blog

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!