Escrito por: Fernanda Turesso

Para quem está há mais tempo no mundo dos visual novels irá saber que normalmente jogos que contém certo teor erótico nem sempre tem histórias ruins. Ao contrário dos filmes pornôs que vemos aqui no ocidente ou até mesmo nos hentais feitos somente para nos excitar. Enfim, é ai que entra Saya no Uta (Canção da Saya), uma história sobre a evolução humana, amor, guro e sexo!

Ele é uma história criada pela Nitro+ contendo similares com o manga Phoenix - Resurrection (Especialmente a vida de Robita). Que é inclusive citado por Fuminori, explicando as referências e similaridades.

O jogo foi lançado em 2003 e só em 2004 foi terminada uma patch de tradução para o inglês, ainda que requerindo a compra do jogo original. 

Um acidente fatal e seu mundo virou do avesso (literalmente

Sakisaka Fuminori é um jovem estudante de medicina cuja vida foi mudada drasticamente ao sofrer um acidente de carro que provocou a morte de seus parentes e assim o deixou fortemente prejudicado. 
Fuminori foi submetido a uma cirurgia experimental para salvar sua vida, porém acabou tendo um efeito colateral intencional que criou uma espécie de agnosia (que "deformou" seus sentidos), fazendo com que tudo que ele veja, aparente ser coberto de sangue e órgãos. As pessoas que ele vê lembram monstros, tanto na aparência quanto na voz, e até a comida tem um gosto e aspecto repugnante.

Depois de todo o horror que ele teve ao voltar da cirurgia, ele tentou cometer suicídio ainda no hospital, porém, acabou conhecendo uma bela garota de aparência humana. Ela se apresentou como Saya e dizia que estava lá procurando por seu pai. Assim ela passou a visitá-lo frequentemente, mas, por Fuminori ter que deixar o hospital, sem querer se separar de Saya, convidou-a para morar com ele, prometendo ajudá-la a encontrar seu pai, sendo assim o convite foi aceito.
E é ai que começa o caos e o romantismo por de trás de um mundo caótico, uma menina esquisita e um cara sem sentimentos.

O resto do jogo...

Como é uma visual novel, não temos jogabilidade e nem nada que um jogo normal deveria ter. Como o próprio nome do gênero diz, é uma espécie de livro animado onde acompanhamos a história através de vozes, muita leitura, músicas e imagens.

Saya no Uta é todo dublado nas falas de seus personagens. Muito bem dubladas e eu acho que isso é bastante importante numa visual novel. Quando tem vozes, nós normalmente acompanhamos a escrita e a fala junto, então, você acaba se sentindo mais por dentro da história, do que simplesmente lê-las.

No começo, antes de entrar no jogo, nós temos algumas opções onde você pode escolher se quer que as imagens ou algumas falas sejam censuradas ou não. Isso tudo porque o jogo realmente tem imagens fortes e cenas de sexo. Então, para as pessoas que não querem ver isso, eles dão essas opções.

Durante o jogo nós teremos algumas partes onde a história criará uma bifurcação. Ou seja, você terá que escolher uma das opções para continuar e fazer um dos finais.

O jogo contém três finais. Eles são classificados em Bom, Ruim e o Verdadeiro.
Depende das escolhas que você fizer durante o jogo, poderá ver todos eles.


Personagens

Os personagens principais são:
  • Fuminori Sakisaka (匂坂 郁紀)
O protagonista do jogo. Um estudante de medicina que sofreu um acidente de carro onde perdeu seus parentes e deixou-o com sua percepção da vida permanentemente alterada, passando a "viver" em um mundo cheio de órgãos e sangue, porém encontrou uma única coisa que o fez lembrar do mundo normal - uma misteriosa garota chamada Saya.
  • Saya (沙耶)
A única pessoa que Fuminori vê normalmente. Se tornou o pilar para Fuminori suportar o mundo que vê.
  • Ryōko Tanbo (丹保 凉子)
A médica que acompanhava as mudanças na condição de Fuminori e percebeu que ele escondia alguma coisa dela durante seus checkups de rotina.


Bom, é isso gente.
Falei brevemente do jogo, porque, sabem como é visual novel!

Então até mais!
Ja ne!



Gostou? Compartilhe:

  1. Não sou muito fã ero guro e essas coisas, mas esse parece tipo MUITO interessante oO Questões existencialistas... Adoro isso *-* Existe algum tipo de história assim yaoi, Morte? É que geralmente os yaois que vejo são todos a mesma coisa, ou são romances bobinhos e super engraçados (ri litros com Junjou Romantica) ou são meio surreais, como Loveless. Mas sei lá, eu sinto muita falta de algo forte e diferente. Uma das coisas que mais gosto no game I'm Scared of Girls é o tema diferente, a forma como foi abordado e todo o design. Não é algo que se vê todo dia D: Enfim, parabéns pelo post, ficou ótimo *-* Tá que eu num tenho grana pra isso, mas vou dar um jeito de achar em inglês. Torrent é vida D:

    ResponderExcluir
  2. Adoro esse jogo! Uma hora quase que eu falei dele quando você estava afastada, ainda bem que não falei! Muito bom o post.

    ResponderExcluir
  3. Gabriel, eu não gosto mtu de yaoi, dai eu não posso te dar algum dica.

    Enfim, sobre o jogo, ele tem no pirate bay, só procurar ali, ele já vem patcheado e tudo. :3
    roda de boas no pc, nem precisa instalar nem nada.

    Mas esse jogo, apesar de ter os hentais ali, nem é ligado pra isso mesmo... a história vale mtu a pena

    ResponderExcluir
  4. Eu já li um Yaoi sem querer, gostei, mas era muito pesado, me desfiz dele, mas era legal, chamava Blood Honey xD

    ResponderExcluir
  5. Ai, yaoi, yaoi. Antigamente eu até gostava, mas ultimamente qualquer história com a temática gay tem me decepcionado... e_e São todas a mesma coisa e geralmente são trágicas, ou engraçadinhas, fofinhas, sei lá. Por isso que sempre que escrevo algo com personagens gays, tento dar um toque mais forte, algum elemento que vá além de histórias ordinárias envoltas em tragédias e comediazinhas... Espero conseguir shuahsuahsuhaushuahsuahsuahsuahs E Blood Honey? Ah, depois vou procurar. Custa nada, né? :P E sim Morte, não achei direito no PB .-. Acho que não procurei na área certa, mas enfim. Thx :3

    ResponderExcluir
  6. baixa ai gabriel
    http://thepiratebay.se/torrent/4770060/Saya_no_Uta.zip

    :3

    ResponderExcluir
  7. Ótima história, só não curti um final que é meio estranho mas apesar disso recomendo jogarem.

    ResponderExcluir
  8. esse jogo deve ter finais assustadores, pelo motivo do cara ver a garota normal enquanto o mundo inteiro ser gore....
    vou jogar pra ver :)

    ResponderExcluir
  9. ah eu achei os finais bem bonitos, pra falar a verdade XD

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!