Escrito por: Fernanda Turesso

Olá pequenos numby bodies!
Hoje eu estou no clima de Silent Hill 3... Mas um em especifíco!


Eu resolvi que vou fazer um speedrun do jogo e terminá-lo em menos de 45 minutos. Será que eu conseguirei? Será que vou conseguir bater o recorde? 
Bom, esperem até depois do dia 9/12 que eu lhes mostrarei! rá


Enfim, fiquem com a review de Silent Hill 3!


---------------------------------------

Silent Hill 3 foi o jogo da série que me deixou com mais medo. Não sei se foi por causa da época, ou se foi o Silent Hill 4 que já tinha me deixado bastante abalada. Por que, pensem. Uma pessoa que vive no PS1 até 2004 e de repente compra um PS2 e sai jogando SH4, é pra abalar o psicológico de qualquer um.
Eu, na época, não estava acostumada com esses gráficos melhorados... Porque né, de PS1 para PS2, dá um super dum avanço, e isso fez com que eu achasse esse SH o mais assustador de todos. 

O jogo foi lançado em 2003 para PlayStaiton 2. Foi desenvolvido pela KCET e Team Silent Hill e distribuido pela Konami

Ele é exclusivo da Sony, mas, mais tarde teve seu lançamento, também, para PC. 
Não temos essa versão para o Xbox, mas, agora os caixistas terão uma chance de jogá-lo. No novo lançamento da Konami, saiu o HD Collection de Silent Hill, onde temos o SH2 e o SH3 em HD com redublagens! 


O ínicio de um pesadelo...

Heather Mason é uma garota que aparenta ter uns 17 anos, e se ve perdida em um parque de diversões abandonado e um tanto quanto estranho. Ao chegar em uma montanha-russa, ela não vê outra opção, se não, seguir em frente nos trilhos, já que voltar não adianta. Logo ela está prestes a ser atropelada pelo trêm da motanha-russa, e descobrimos que tudo não passava de um sonho. 

Então ela acorda em uma cafeteria em um shopping e vai ligar para seu pai, avisando que vai voltar para casa or something. Assim, um detetive chamado Douglas Cartland vem conversar com ela falando sobre assuntos estranhos sobre o nascimento dela. Então Heather o despista e entra no banheiro.
É ai que começa o pesadelo...


Jogabilidade


Controle da Câmera


A primeira coisa que eu vou dizer sobre a jogabilidade de SH3 é que a câmera desse jogo é uma bosta. Sinceramente, que joguinho ruim de se acertar enquanto joga. 
O problema da câmera é que ela é mal feita. Ela pode ser mudada só em apertar o botão L2 do PS2. Enquanto você anda pode clicar, dai ela vai fazer um "auê" danado e vai te atrapalhar na hora de correr. Mas, se você for experiente o bastante (que nem eu) não terá problemas com isso. 


Controles de Heather


Silent Hill 3 peca muito na parte de controlar a personagem. Ela é difícil de controlar (principalmente com o analógico). Temos dois tipos de controles para ela, e eles podem ser mudados pelo menu de configurações do jogo. Um modo é o controle 3D, onde você pode movimentá-la de maneira fácil, indo para qualquer lado, já que você está em um mundo 3D. 
Já o outro controle é o 2D. Nesse você poderá ter um pouco de dificuldade no início, pois a personagem só anda para frente, lados e para trás, como se fosse em Resident Evil 2. Então, controlá-la com o analógico seria uma tarefa bastante desafiadora. 


Armas & Munições


Bem, armas em SH3 é o que não falta. Temos à disposição, como primeira arma, uma faca. Que é a arma de defesa de Heather. Logo depois, encontraremos uma Handgun. E assim vai indo.
Temos uma variedade de armas, como sub-metralhadoras, canos de ferro, armas de choque, shotguns e armas extras, como por exemplo, um sabre de luz (da série Star Wars). 


As munições de todas as armas não são difíceis de se encontrar. A maioria é encontrada em lugares inapropriados (como todo jogo de survival horror) e aos montes (principalmente no easy). Munição não será o seu problema nesse jogo, até porque, as armas de fogo não são as melhores... Você pode viver muito bem só com um cano de ferro (que é a melhor arma para mim!). 


Inimigos & Bosses


Falar dos inimigos de SH3 é uma tarefa meio difícil, isso porque eles são muitos e variáveis. O primeiro inimigo do jogo mesmo são os Numby Bodies. Pequenos, frágeis, emitem um barulho terrível e não te atacam direito. O resto, vai aumentando para Closers, Cancers e até mesmo enfermeiras demoníacas que te atacam com pistolas e canos. 
Os inimigos não são um problema para você. Normalmente eles são bem fáceis de se matar e isso não lhe dá tanto medo. Eles fazem barulhos estranhos e ficam escondidos no cenário, mas nada que possa te matar de susto. 
Enfim, cada um tem um significado para a história, eles não são só enfeite ou uma coisinha feia pra te assustar. Eles tem toda uma simbologia para tudo o que está acontecendo e isso faz deles bastante especiais. 


Agora os bosses também não são nada que vá lhes fazerem perder dias de jogo porque são difíceis. Eles são bastante fáceis... Sem contar o primeiro, chamado Split Worm, que com 6 tiros de handgun no easy, ele morre. 
Há também bosses chatos, como a Alessa. Ela é um "boss copião", porque copião? Oras, ela simplesmente irá morrer umas cinco vezes, só pra aparecer novamente com uma arma nova na mão. O problema de ela ser "copiona", é que essas armas são iguais as tuas e ela é praticamente você mesma querendo te matar (que?)!


Fora isso, é bastante improvável que você vá morrer em algum boss. A não ser que você esteja jogando no Extreme 10. o/




Itens chave & Health


Ahn, os itens desse jogo são bastante frequentes de se achar. Você sempre irá achar ampolas, med kits, energy drinks e outras coisinhas para atrair alguns monstros, como por exemplo, um pedaço de carne seca (isso ajuda a deixar os double heads bastante ocupados!). 
A saúde de Heather não é visível enquanto você joga. Ela fica escondida no menu. Ao apertar select, você verá uma tela piscando no canto da tv. Lá mostra quando você está bem e quando você está morrendo. Dai isso varia entre azul e vermelho. Mas não se preocupe, o jogo avisa quando você está morrendo. Ao ser atacada muitas vezes, o controle fica vibrando que nem louco, ai você já sabe o que acontece. Também, isso dá para ser percebido, porque Heather se cansa mais rápido. 


Itens chave são bastante encontrados no jogo. Quase que toda hora eles irão aparecer. E eles são itens importantes para prosseguir no jogo. 
Tá, nem todos vão ser uma chave, mas sim, também teremos itens para fazer puzzles e combinações, que se usados em algum lugar específico, irá abrir portas, matar monstros ou abrir caminhos. 


A combinação de itens é bastante simples. Pegue os itens que precisam ser combinados, aperte neles e selecione a opção "combine", ai depois é só usar todos juntos duma vez. Simples. 


Mapas 


Silent Hill 3 é um jogo que você irá precisar muito dos mapas disponíveis nele. Uma porque temos muitas portas e muitos corredores. A maioria dos cenários tem mapas grandes. Eles são hospitais, shoppings, prédios e até mesmo um parque de diversões. 
O mapa é linear, você vai ter portas que te levam para a saída e isso é achado bem facilmente (já que a maioria das muitas portas estão trancadas). 


Enfim, o problema dos mapas é que eles irão mudar. Todo mapa terá dois cenários. O modo normal e o alternativo. Isso é bem explícito no jogo e você não vai precisar ficar adivinhando. Só que o problema, é que depois que você já explora todo o mapa normal, o alternativo aparece e muda tudo de lugar (só que o mapa continua o mesmo). Ai, para você achar os caminhos, será um tanto quanto chato, pois, uma porta que te levava facilmente a outra sala, pode ter um buraco sem fundo no lugar e te fazer ter que dar a volta toda no cenário só para poder ir lá. O bom é que essas coisas ficam marcadas no mapa e te ajudam na hora de seguir a diante. 


Transição dos mundos


Como todos sabem, Silent Hill é dividido entre o mundo normal (o que conhecemos) e o mundo alternativo (mais conhecido como Nowhere). Esses mundos alternativos são bem comuns nos jogos da série. Em SH3, teremos sempre um mundo normal, onde praticamente está tudo abandonado e depois, no mesmo lugar, o mundo alternativo. Básicamente vocês irão ter que jogar duas vezes o mesmo mapa só que com "fases" diferentes. 
A transição dos mundos não é explícita em SH3, ou seja, você só verá o mundo alternativo já transformado como, por exemplo, o shopping, onde Heather entra no elevador e ao sair, já entra em Nowhere. 
Os mundos alternativos são bastante hostis. Sempre cheios de sangue, grades e monstros um pouco diferentes. Os mapas, como eu já disse anteriormente, também mudam. E são nessas partes que o jogo pega forma e deixa você com bastante medo. 

Roupas & Extras

Silent Hill 3 conta bastante com os extras do jogo. Apesar de ter todo esse clima tenso e pesado, mostrando bastante carnificina e sangue, temos o lado divertido, onde podemos destravar roupas para Heather, como uma espécie de cosplay de Sailor Moon, chamado de Princess Heart, e também armas diferenciadas, como sabres de luz, lança-chamas, e o sexy beam. 
O sexy beam é um raio que, juntamente com a roupa Princess Heart, pode ser usado como arma para destravar o final UFO.

Trilha Sonora


Silent Hill 3 tem uma das trilha sonoras da série que eu mais gosto. Só fica atrás da OST do primeiro SH, mas isso nem vem ao caso. 
O bom dessa trilha sonora é que ela foi composta na época do nosso querido Akira Yamaoka (antes de beber muito sake e inventarem o Shitcoming), com a cantora Elizabeth McGlynn e o Joe Romersa! 
Sim, temos várias músicas cantadas na voz da maior cantora de SH, tais músicas são "You're not Here", "I Want Love" e também uma do Romersa chamada "Hometown"!
Ah, bons tempos!


Silent Hill 3 também não vive só de músicas cantadas, até porque, essas são a sua minoria. Quase todas as músicas são feitas com barulhos metálicos e outros efeitos sonoros que dão o clima do jogo todo!


As trilhas sonoras também são várias. Temos algumas versões limitadas que foram vendidas junto com o jogo na época. A trilha original e alguns outros EPs. Todas valem bastante a pena de serem ouvidas, pois tem versões diferentes das músicas originais!

Semelhanças com Silent Hill 1 
atenção: essa parte contém muitos spoilers. Cuidado ao ler! 


Há muitas semelhanças entre Silent Hill 1 e o 3. Isto é porque o SH3 é uma sequência direta do SH1.
Os protagonistas de ambos os jogos têm dois nomes que começam com "H" (Harry e Heather), com um sobrenome igual, Mason. O antagonista é uma sacerdotisa da Ordem, que tentava realizar o nascimento de Deus, isso também aconteceu em SH1, e seus nomes terminam em "-ia" (Dahlia e Claudia).

Ambos os jogos começam com Harry e Heather dentro de um pesadelo. Em seus pesadelos, eles são mortos. Eles acordam logo em seguida dentro de uma lanchonete e ao lado temos potes de catchup e mostarda. Alguns momentos depois, ambos se encontram com personagens que mais tarde irão ajudá-los, e ambos são policiais (Cybil e Douglas). 

Ambos entram em um shopping, onde mais tarde ficam presos em algum lugar e são obrigados a lutar com um boss, e ambos os bosses sãos lagartas (Split Worm e Twinfeeler). 
Após a derrota, as mudanças do mundo alternativo voltam ao mundo normal. 
Nos hospitais, ambos vêem o vídeo de Lisa Garland. 

Ambos visitam o parque de diversões Lakeside, e ambos vêem o carrossel no mundo alternativo onde tem que lutar com um boss (Cybil e Alessa). Depois do carrossel, eles visitam Nowhere, uma coleção de memórias que está entrando no mundo alternativo. 

O save final de ambos os jogos está localizado no quarto de Alessa. O final boss está logo atrás da porta. 

Em nowhere, ambos os protagonistas são obrigados a colocar 5 itens para abrir a porta do quarto de Alessa. 

O confronto final com o boss de ambos, eles tem de usar o Aglaophotis para expulsar Deus. 

No final dos dois jogos, o antagonista (Dahlia e Claudia) morrem e o nascimento de Deus é impedido. Ambos os protagonistas perdem algo precioso para eles (Cheryl e Harry) e eles saem de Silent Hill e voltam ao mundo real. 

fim do spoiler.

Intro do jogo

Fiquem com a intro do jogo ao som de "You're Not Here"!



Curiosidades


- Metal Gear Solid 3: Snake Eater tem um par de peças de arte na Igreja de Silent Hill 3, no interior da biblioteca na Graniny Gorik Lab. Assim com o "silencer Corpse" no canto de obras de Silent Hill 3 é notado como sendo uma referência a série mGS no guia de estratégias oficial por Dan Birlew. 

- Silent Hill 3 é o primeiro jogo da série onde o jogador assume o controle de uma personagem que foi mostrada no jogo anterior, neste caso, Cheryl de Silent Hill 1.

- De acordo com o Book of Lost Memories, há um quarto final referido como "phantom" em que Heather tenta matar Claudia Wolf antes que ela possa usar o Aglaophotis. Os criadores declararam: "Não é um game over, e pode ser interpretado como uma conclusão para a história".

- Silent Hill 3 e Silent Hill: Origins são os únicos jogos que a canon permite que o jogador assuma o controle do protagonista no mundo real. 

- Inicialmente, Heather supostamente ouve o choro de um bebê recém-nascido no mundo alternativo, no final do jogo, o que implica que era o God resnacendo em um novo hospedeiro. Apesar de ter sido removido do jogo, o criador, Masahiro Ito confirmou que o bebê faz parte do cânon. Não se sabe quem é o bebê. 

- O jogo tem 3 finais e um deles é o final UFO, onde conta que a cidade de Silent Hill foi invadida por alienigenas e assim, destruída.



Bom, é isso pessoas! o/

Gostou? Compartilhe:

  1. Morte, Muito bom o Post, mas não sei se é aqui no meu pc que o continue lendo não aparece para clickar.

    ResponderExcluir
  2. vlw! :3

    HIUSHAIUS
    bom, aqui tá aparecendo normal D:

    ResponderExcluir
  3. Acho que é um dos jogos que mais me envolvi com a historia, parece meio estranho mas me sinto bem jogando ele, esqueço do mundo aqui e entro no mundo alternativo junto com o personagem rs, é algo difícil de explicar, só sei que tem algo nesse jogo que me prende

    ResponderExcluir
  4. NÃO VOU LER, NÃO VOU LER, NÃO POSSO LER AHHHH!!!!!!

    Sinto muito morte, to perto de terminar esse jogo, não posso ter spoilers até lá T_T.

    O seu post da Heather já quase me pegou. Se eu ler isso acabam as minhas surpresas.

    Assim que eu terminar eu leio ^^.

    ResponderExcluir
  5. é, nem leia, se não vai ver bastante spoilers. O da Heather tem mtu mais
    SUIAHUIAHIUS

    ResponderExcluir
  6. Esse é o meu favorito da série. Eu sempre quis ter aqueles coelhinhos sangrentos :D

    ResponderExcluir
  7. Olha eu gosto muito do SH, porem até hoje nunca entendi muito sobre a real historia do jogo, nunca achei um livro sobre o tema que explica-se sobre tudo que rola no jogo. Alguem ai poderia me falar? Já joguei todos os jogos da serie.

    ResponderExcluir
  8. Roger, eu fiz um post só falando sobre a história e explicando as coisas do Silent Hill 1... se quiser
    entre nesse link:

    http://videogamesdeath.blogspot.com/2009/09/historia-de-silent-hill.html

    :3

    ResponderExcluir
  9. Poxa, você não sabe a alegria que me deu ler esse post.
    Silent Hill 3 é meu game de horror número 1 de todos os tempos, o que mais mexeu com meu psicológico. E a trilha sonora então... Yamaoka é meu compositor de games favorito. Sou músico e estou começando a compor minhas músicas me baseando muito nele.

    Ler esse post foi como estar conversando com outra pessoa viciada na mesma coisa em que eu sou. Favoritado, na moral.
    Abraços!

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!