Escrito por: Fernanda Turesso



Bayonetta é um jogo 8 ou 80. Ou você ama ou você odeia!
O jogo é praticamente uma cópia de Devil May Cry, só que mais rápido, com mais extras e com dificuldades (às vezes) mais dificeis. Mas não vim aqui comparar ele com jogo nenhum. Sei que muita gente que visita o blog vai falar "WTF Bayonetta no VGD? Não acredito!", mas fazer o que. Tenho gostos variados sobre jogos, assim como qualquer outro tipo de entretenimento. Então não quero gente vindo reclamar, se gosta do jogo tudo bem, se não gosta tudo bem também! Cada um na sua e aproveitem a review! 8D


Agora voltando ao assunto...


Bayonetta (ベヨネッタ, Beyonetta) é um jogo de ação que foi lançado para Xbox 360 e PlayStation 3. O jogo teve a participação de Hideki Kamiya como Diretor da Platinum Games que é responsável pelos jogos Devil May Cry e Viewtiful Joe. O jogo foi lançado pela Sega. 


Uma bruxa, à meia noite, num cemitério...




A maioria das pessoas com quem conversei, não gosta de Bayonetta. Isso chega a ser engraçado, pois elas não gostam do jogo porque tem muita apelação sexual (chega a ficar até banalizado), muito exagerado ou por causa das músicas que são muito popzinhas para um jogo desse porte. 


Bayonetta se passa em Vigrid, uma cidade fictícia da Europa. A personagem é uma bruxa, que tem o mesmo nome do jogo, usa armas de fogo e diversas metamorfoses, juntamente com ataques mágicos que ela realiza com seu próprio cabelo (que é sua roupa (?)) e a ajuda dos seres do inferno, para assim, destruir seus inimigos que são anjos e arcanjos (e seres divinos do paraíso). 


Ela acorda após um sono de 500 anos e se encontra em uma área desconhecida, sem memórias de quem ou o que ela é. Ao longo do tempo, ela vai relembrando o que aconteceu para ela estar nesta situação. 


Básicamente é isso. 
Bayonetta tem um lance bastante fantasioso, o jogo gosta de misturar elementos do passado com os do futuro. Então volte e meia irá aparecer flashbacks e personagens que não deveriam estar naquele momento. 


Mas não irei contar muito sobre a história para não estragar a surpresa legal que o jogo reserva para vocês. 


Gameplay!


A jogabilidade de Bayonetta é bem fácil e por ser bastante rápida, flui mais fácil ainda. O jogo te disponiboliza bastante armas e poderes para que você lute com seus inimigos. Chega uma hora perto do final do jogo em que a Bayonetta fica com tantas coisas ativadas que é meio dificil de você lembrar de todos os ataques. Mas isso não é problema, o interessante do jogo é você seguir a música e deixar os movimentos da bruxa fluirem. Pular e fazer uma mistura de combos, socos e chutes com os poderes que ela tiver a disposição, fará com que você lute melhor e mate os inimigos facilmente. 


O jogo é dividido por capítulos. Temos praticamente uns 20 capítulos e o jogo tem mais de 20 horas para ser fechado. Cada batalha contra os bosses são épicas. E quando eu digo épicas, são realmente ÉPICAS!
Bayonetta irá lutar contra seres divinos do paraíso. Então anjos, arcanjos e pequenos deuses irão vir até a Terra para acabar com a bruxa. 




Os bosses são gigantescos. Cada um tem 2 ou 3 chekpoints no meio de suas batalhas. Não vou dizer que eles são dificéis. Pra mim, os bosses são bem fáceis, mas, eles tem a vida muito grande, por isso acaba sendo "dificil" por causa da demora em matar eles. Mas nada que um pouco de paciência e apertar os botões na hora certa, não vá acabar com eles rapidinho!
Bayonetta vai contar com a ajuda de seres do inferno, tais como Dragões, aranhas, pássaros e outros bichos estranhos, dos quais são sumonados (do inferno) e são materializados no cabelo da bruxa. O cabelo dela é mágico e muito comprido. Na verdade, a roupa dela é seu cabelo e cada vez que ela for dar um especial suas roupas irão sumir (dai podemos ver a bela bruxa peladona na tua tela! hohoho)
Além dos seres invocados, Bayonetta pode se transformar em animais. Temos três animais disponiveis, que é a pantera, no qual serve para você correr muito mais rápido (bom para algumas ocasiões que você precisa correr para salvar a pele). Um pássaro no qual é simples, só solta alguns ataquezinhos e sobrevoa alguns lugares, mas nada de especial. E os morcegos, que são iguais ao "Witch Time", quando um inimigo bate na bruxa, ela se transforma em morcegos, assim ela esquiva do golpe (leva um pequeno dano) e pode ativar o "Witch Time".


Durante as lutas, Bayonetta irá usar vários tipos de combos com poderes ou armas. Quando a barra de poder dela carrega toda podemos executar os "Torture Attacks", onde a bruxa irá sumonar alguma parafernálias medievais de tortura (como uma iron maiden, burro espanhol, guilhotinas e outros mais) para que assim possa matar os inimigos mais rápidamente e de uma maneira divertida! Vale lembrar que para executar esses combos, você terá que executar vários QTE que aparecem na tela, quanto mais combos você conseguir apertar antes de executar o "Torture Attack", mais bonus você irá conseguir!


Oh sim! Quase me esqueci do principal!
No jogo temos um poder chamado "Witch Time". Basicamente ele é uma esquiva, só que se for ativado no momento certo, conseguimos deixar o tempo mais lento para os inimigos, assim facilitando de você não perder vida (pois vai ter esquivado do ataque) e matar o inimigo mais rápidamente. Lembrando que esse poder não funciona em todos os inimigos. Alguns motherfuckers são impossiveis de fazer Witch Time, por mais que você tenha os melhores reflexos do mundo! 
Também temos o "Witch Walk". Ele permite que você ande em qualquer superfície: paredes, teto, torres de relógio caindo de um penhasco… essa habilidade muda o foco da gravidade, permitindo-lhe um combate muito mais insano. Não é em todas as áreas que isso é possível. Esse poder só aparece quando a Lua Cheia está bem visivel no céu. Normalmente o jogo irá dar um sinal de que você pode usá-lo! 


Sobre os itens...


Ainda não fugindo da jogabilidade. Teremos vários itens no jogo. Tais itens são para recuperar a vida, ter o ataque melhorado, defesa melhorada, vida extra e outras coisas. 


Esses itens estão em formatos variados. Os mais comuns são os pirulitos!
Sim, além de todo o apelo sexual do jogo fazendo a bruxa ficar pelada e executar movimentos bem sensuais, teremos pirulitos como fonte de energia para nossa querida Bayonetta!


Podemos comprar esses itens da maneira mais prática e fácil. Em cada começo de capítulo (ou durante as fases) teremos o shop chamado de Gates of Hell. Lá podemos comprar tudo o que precisamos, desde armas, tecnicas novas, tesouros e itens! 


Os itens comprados são caros. Temos dois tipos de pirulitos pra cada item. Por exemplo, o pirulito verde tem um menor e um maior. O maior podemos comprar somente uma unidade, enquanto que o menor podemos ter 3 unidades compradas no inventário. 
Mas, temos uma vantagem. Conforme você for matando os inimigos ou destruído o cenário, vários itenzinhos (além das argolas) estarão caindo para que você pegue. 
No inventário temos uma espécie de mixer onde podemos criar pirulitos e qualquer outro item que possa ser comprado no jogo. 




Bom, cada um desses itens que são usados para fazer os pirulitos, são os três compostos cristalizados do jogo. Com eles criamos qualquer item do jogo que esteja na tabela. Eles são o Gecko Baked (amarelo) que controla a defesa, Madrogora Root (verde) que controla a vitalidade e Unicorn Horn (vermelho) que controla o ataque.
Cada composto cristalizado para formar apenas um, teremos que ter 5 deles. Ou seja, para criar um Mega Lollipop Green, teremos que ter 15 Mandragoras Root para fazê-lo. O mesmo vale para os outros itens ali. 


Outros itens bons são os "Broken Witch Heart", você pode comprá-lo no Shop, mas são itens muito caros e só pode ser comprado um cada fase. Eles servem para aumentar a barra de energia de Bayonetta. Esses corações podem ser encontrados em urnas de ouro que ficam espalhadas pelo jogo. 
Uma variavel desse item é o "Blue Witch Heart" que serve para a mesma finalidade, mas ele só pode ser pego por 40 argolas de ouro num minigame que temos em cada final de capítulo, o Angel's Attack, onde jogamos uma espécie de tiro ao alvo com os anjos do jogo. Cada anjo vale 3, 5 ou 10 pontos. Conseguindo pontos você pode trocar por itens exclusivos. O Blue Witch Heart só funciona (se for comprado com os pontos) durante o próximo capítulo (depois sua barra volta ao normal). 


Um outro item parecido com esse é o "Broken Moon Pearl" que pode ser comprada ou encontrada nas urnas de ouro durante o jogo, serve para aumentar a barra de "poderes" da Bayonetta. No minigame "Angel's Attack" podemos trocar os nossos pontos pela "Gold Moon Pearl" que faz o mesmo efeito mas só durante o próximo capítulo.


Bom, o dinheiro do jogo, como já havia dito antes, são as argolas de ouro. Já que o jogo é da SEGA, resolveram colocar as mesmas argolas do Sonic! Super divertido esse pessoal!


Voltando ao gameplay...


O jogo tem multiplos capítulos, como eu já havia dito mais cedo. Durante esses capítulos, teremos batalhas e mais batalhas, e assim, dependendo da performance do jogador durante essas batalhas, ele poderá ganhar troféus. Então, temos troféus Pure Platinum, Platinum, Gold, Silver, Bronze e Stone
Quanto menos você levar danos e quanto menos tempo levar para completar um capítulo (isso também vale ao usar itens), você pode ganhar Pure Platinum. Conforme for ganhando troféus bons durante o capítulo, no final será feita uma média e você ganhará o troféu que merecer!


Bayonetta tem cinco dificuldades: Very Easy, Easy, Normal, Hard e Non-stoping Climax.
Very Easy e Easy são praticamente automáticos. Dizem que no Very Easy você pode jogar só com uma mão. Mas nunca cheguei a jogar Bayonetta no Easy, quem dirá no Very Easy. 
Já fechei o jogo no Normal e no Hard, falta agora o Non-Stop Climax (vou ver isso nas férias! muah).


Trilha sonora!


Bayonetta é um jogo sensual, bastante apelativo sexualmente. Algumas coisas chegam a ser bem explicítas, como por exemplo, as danças sensuais de Bayonetta para executar algum poder ou aquele inimigo, um anjo feminino chamado Joy, que bem, é o mais apelativo do jogo!
E para que toda essa sensualidade seja mostrada de uma forma mais efetiva, fizeram uma trilha sonora digna de celebridade sensual para a bruxa querida. 


Uma mistura de dance, eletronica e j-pop deixa o jogo fluir e ter um ar bem feminino! Isso explica porque várias pessoas não gostaram da trilha sonora. Mas, isso são gostos... né


Enfim, a OST tem 5 cds com mais de 150 músicas! É música que não acaba mais!
Mas não é só de sensualidade que Bayonetta vive... Temos trilhas sonoras de jogos clássicos da SEGA, como por exemplo AfterBurn e Outrun! Além disso tudo, a música tema do jogo é um remix da música Fly me to the Moon na voz de Brenda Lee. 
Além das músicas eletrônicas e os remixes, temos também várias músicas épicas e com um tema angelical para as fases onde vamos ao Paraíso. Também teremos bastante Jazz e alguns outros gêneros, que seria mais fácil da agradar a todo mundo.

Fiquem com o Trailer bonito ai!






Bom, é isso pessoas!
Espero que tenham gostado da review! E até mais! :3

Gostou? Compartilhe:

  1. não cheguei a jogar, meu amigo comprou e falou que é muito bom o jogo! talvez entre para minha lista de "jogos que vou comprar" :D

    ResponderExcluir
  2. ah compre! é mtu ótimo Bayonetta! mtu viciante @_@

    ResponderExcluir
  3. ótima review vai para os links da semana!

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!