Escrito por: Fernanda Turesso


Olá queridos sonhadores!

Bem, estou muito³ distante do meu querido blog, né não?
Faz tempo que eu não posto nada, nem pelo menos uma postagem por dia, mas é que eu ultimamente estou com tanta preguiça de fazer ou escrever qualquer coisa que tá me desanimando tudo, sem contar que quarta-feira passada eu fui assistir no cinema o remake do meu filme preferido de horror "A Nightmare on Elm Street", que eu até fiz uma críticazinha no blog da Ninne (Vai Assistindo), entrem e deem uma olhadela!

Enfim, mas hoje eu não vim falar sobre o filme do meu querido Freddy Krueger e muito menos falar do remake corta-tesão da gente, mas sim sobre um jogo que provavelmente ninguém tenha visto (mentira) ou que ninguém jogou, pelo menos os que tinha Nes puderam jogar XD

História

No início, o jogador pode escolher qual a personagem com que irá jogar, tendo cada personagem a sua habilidade própria. Depois desta escolha, cabe ao jogador salvar todos as outras 5 personagens das garras afiadas de Freddy, mas antes disso, terás de descobrir onde é que o Freddy vive...
Assim que desvendares esse mistério, terás de te movimentar dentro da mansão, colecionando chaves, ativando armadilhas e derrotando exércitos de inimigos assustadores! Irá eventualmente entrar cada vez mais em sua casa, em sua loucura...

 
"Nightmare on Elm Street" é o título original de  “A Hora do Pesadelo”, série de filmes criada por Wes Craven, que tem como vilão e principal personagem o  vilão Freddy Krueger, imortalizado pelo ator Robert Englund <3.
Bom, se Michel Myers e Jason Voorhees tinham seus jogos, obviamente Freddy Krueger como ícone de filmes de terror da década de 80 também deveria ter o seu!

O game colocava o jogador na pele de um jovem que deve encarar Freddy para sair do pesadelo. O game tem a jogabilidade voltada para o gênero plataforma e ação, e é necessário ser bastante preciso nos pulos, principalmente para recolher os itens que muitas vezes ficam em lugares difíceis de alcançar, e, para terminar as fases era necessário coletar todos os ossos de Freddy espalhados pelo local!

No começo do jogo você conta apenas com socos para encarar inimigos como, aranhas gigantes, ratos, morcegos, esqueletos e zumbis, mas com o passar do tempo o jogador pode conseguir power ups que podem transformar seu personagem em feiticeiro ou ninja para tentar facilitar as coisas! -q

Nightmare on Elm Street mostrou alguns conceitos interessantes como, fases dentro das casas do rua Elm, onde, se sua energia chegasse a zero o game iniciava o modo pesadelo, onde os inimigos mudavam e a fase ficava bem mais difícil (como se fosse um mundo alternativo), tudo bem que algo semelhante já havia sido feito em Castlevania II: Simons Crest, outra característica interessante era o fato de até 4 pessoas poderem participar das partidas!  O game tem alguns problemas principalmente ligados a falta de precisão nos saltos e pode ser ruim encarar os inimigos sem os Power ups. Mas caso tenha um emulador de NES no seu PC vale a pena dar uma conferida no game e encarar mais um pesadelo de Freddy!


Fora isso, era um jogo pra passar o tempo com os amigos e ficar frustrado por não conseguir passaar de fase!


Bons sonhos crianças!

Gostou? Compartilhe:

  1. poxa esse aí vc tirou do fundo do baú
    bom, nã posso opinar nada pq esse game não é da minha época meu primeiro console foi o Master system

    e mesmo assim se tivesse esse jogo não jogaria pq eu morria de medo do freedy eu tinha muitos pesadelos com ele (oia só que ironia) mas, vc disse tudo no remake que filme bosta nossa agora tô com medo do que vai ser do Remake da franquia que eu adoro Hellraiser e já tô vendo a merda que vai ser

    não sei se tu conhece o angry video gamer nerd que é um cara que faz reviews de jogos ruins principalemente de jogos da era 8 bits e vi este me lembrei que ele fez um review desse jogo

    http://www.youtube.com/watch?v=3p713bNaO4A

    é muito engraçado

    ResponderExcluir
  2. HUSHSUHSUHSUHSUHSUHSUS

    eu nem sabia que existia jogo do Freddy, se eu soubesse eu comprava na época, mas, o meu primeiro video game foi o SNES e só tinhe esse jogo pro Nes... :(

    Eu amo o Freddy... Amo ele mais que tudo! HUSHSUHUS
    Ele e o Englund! <3

    Mas meu, sério, o remake foi uma merda, e os próximos remakes continuarão sendo merda, como sempre foram!

    ResponderExcluir
  3. E viva o Português (de Portugal mesmo xD) no início do post xD

    Nunca joguei esse jogo, aliás, noguei bem pouca coisa do NES. Mas pelo vídeo que vi, é realmente TENSO (no sentido de triste, ruim, horrível) jogar.
    Pular realmente deve ser um c*, você deve ter poucas vidas e morrer o tempo todo. Por isso o jogo é bem desconhecido, deve ter sido um fracasso por ser bugado e difícil demais :P

    ResponderExcluir
  4. aahh vei não me venha esse papo de prof: Pasquale eu odeio grámatica e além do mais estamos na internet e eu escrevo do jeito que eu sei tá bom?? se vc entendeu oq eu quiser diser tá ótimo

    ResponderExcluir
  5. poxa mais também naquela época não se podia reclamar demais que era tudo muito limitado e video game para a humanidade era uma novidade.

    ResponderExcluir
  6. Repetindo...

    E viva o Português (de Portugal mesmo xD) no início do POST xD

    P.S.: palavra de verificação aqui: "euree" xD~

    ResponderExcluir
  7. deeer... HUSHUSHUSHUS

    só pq eu escrevi mais polidamente?
    UHSUHSUHSUHSUHSU

    ResponderExcluir
  8. Freedy e legal ele sabe matar criativamente,mata as pessoas que são chatas,e ele tem estilo :D.

    ResponderExcluir
  9. Freddy é foda!

    Lixo pq?
    Se eu tivesse um Nes na época, eu jogava XDD

    Mas, o jogo do Freddy é melhor que do Jason, que saiu na mesma época.

    ResponderExcluir

ÚLTIMAS NOTÍCIAS!