Escrito por: Fernanda Turesso

Bom gente, a história de Silent Hill 4: The Room foi feito pelo mesmo autor do outro post que eu fiz sobre a história de Silent Hill. Os textos foram feitos por Leandro Salmagi Coutinho!

Espero que gostem e tenham uma boa leitura!

______________________________________

O que Silent Hill 4: The Room tem que o faz ser odiado por muitos e amado por poucos?

Silent Hill 4 foi uma espécie de inovação para a série Silent Hill. Todos os jogos anteriores tinham uma livre caminhada pela cidade de Silent Hill e o mundo alternativo vinha e ia sem avisar. No quarto episódio isso mudou bastante.

No começo do jogo você vê uma história que aparentemente seja um clichê total. Você é um rapaz chamado Henry Towshend que se mudou para o apartamento 302 do prédio South Ashfield Heighs. Lá ele começa a ter pesadelos durante uns cinco dias e quando ele menos espera, seus eletrônicos não funcionam e a porta está trancada por dentro com um monte de correntes e cadeados. Aparentemente ninguém vê o que acontece dentro do apartamento e nem sequer escuta o que acontece lá dentro.

Henry é o único que poderá descobrir e desvendar esse mistério envolvendo sua pobre vida (oh que azarado)!

Pulando a boboseira...


Um belo dia, quando tudo estava ocorrendo bem, o casal Sullivan estava vivendo no apartamento 302 (é, esse mesmo que o Henry tá trancado) e tiveram um bebê inesperado, e lógicamente, quando alguma coisa é inesperada não se tem planos para o futuro, não é?
Como o casal estava com seus fundos financeiros na boca do estômago, viram que não ião coneguir sustentar a criança, o nosso querido Walter Sullivan, e o abandonaram no apartamento e fugiram sem avisar ninguém.

O sindico do prédio, Frank Sunderland (nome familiar?) encontrou o pequeno Walter e o levou para o orfanato Wish House, que era dirigida pelo O Culto (aquele que a Dahlia era lider), localizado na floresta de Silent Hill ao lado do Lago Toluca.

Um dia O Culto resolveu levar Walter para conhecer a sua mãe, mas pra que né?

Ao invés de eles procurarem a mãe, humana de preferência, levaram ele até o apartamento 302. Aí, a pobre criança enfiou na cabeça que o quarto ERA a sua mãe.

Então, Walter passou a visitar o quarto sempre que podia, e isso encomodava os vizinhos né.

Como era esperado o quarto 302 foi alugado e a criança não pode mais visitá-lo. Contudo, O Culto, ensinou um "pequeno truque" para ele chamado "Ritual da Assunção Sagrada" ( ou "Ritual of Holy Assumption") ("Assumption" não significa ascenção, mas sim assunção, que é algo como "apropriação").

Os Rituais e as Vítimas

Bem, para fazer o ritual era bem simples... Para o Walter né.

Segundo os textos encontrados no jogo. Walter deveria fazer 21 vítimas, arrancando os corações das dez primeiras. Seriam 10 pessoas quaisquer, depois o próprio coração dele (sim, ele também teria de ser uma vítima) e depois outras dez específicas. Estas específicas seriam eleitas de acordo com seus caráteres.

Walter pretendia se utilizar desse ritual para levar o quarto 302 para seu outro mundo, e assim ficariam juntos para sempre.

É, bem, sobre as 10 primeiras vítimas não se sabe muito pois não existem muitos documentos falando delas. Sabemos que a tragetória de Walter Sullivan não começa em SH4 mas sim em SH2... Onde James Sunderland encontra jornais falando sobre as mortes dos dois irmãos Billy e Mirian Locane, que foram mortos a machadadas (eles eram a sétima e oitava vítimas). Outro, a quarta vítima, Steve Garland (nome familiar?), dono de uma pet shop, morto por uma metralhadora, é encontrado num jornal no chão (no mundo Building Word).

As vítimas de Walter eram marcadas, ele entalhado no corpo de cada um. Ele marcava os números que eram correspondentes a vítima que ele matou, como por exemplo, ele marcava 18/21, que seria, dezenove de vinte e um. Mas como Walter tinha uma caligrafia perfeita, a barra acabava ficando igual ao numero 1, ai a policia e os repórteres falavam sempre 18121, mas isso pouco importa.

Ao fim das 10 vítimas, chegou a vez de Walter.

A policia havia pego o cara errado que mais tarde se suicidou na prisão com uma colher no pescoço. Assim, Walter ficou livre da lei e pode finalmente executar seu ritual em paz. Feito isso. Ele criou o Mundo Paralelo dele, onde ele poderia caçar as 10 últimas vítimas para completar o ritual e poder ter sua mãe ao seu lado para sempre.
Nesse Mundo Paralelo, Walter tinha total controle. Lá existiam criaturas terriveis e o mundo era totalmente hinóspito e hostil. Lá, qualquer pessoa que fosse pega por ele acabava virando um zumbi voador, que ficaria vagando para todo o sempre sem vida.

Bem, no site de tradução do Lost Memories (www.translatedmemories.com), foi publicado um artigo só sobre o SH4 e nisso falando sobre todas as vítimas de Walter Sullivan.
Para a primeira vítima foi escolhido alguém que não conhecemos, chamado:
  1. Jimmy Stone. Era sacerdote do culto, e foi morto com um tiro na nuca na Wish House.
  2. A segunda foi um estudante chamado Bobby Randolph, que foi estrangulado num acampamento na cidade de Pleasant River.
  3. A terceira foi outro estudante amigo de Bobby, chamado Sein Martin, que foi morto também por estrangulamento no acampamento.
  4. A quarta foi Steve Garland, dono de uma pet shop, morto a tiros em serviço.
  5. A quinta foi Rick Albert, gerente da loja “Albert’s Sports”, que chegamos a conhecer ao longo de Silent Hill 4.
  6. A sexta vítima foi George Rosten, também sacerdote do culto. Foi morto no altar subterrâneo de Wish House com um cano de ferro.
  7. A sétima vítimas foi Billy Locane, criança morta a machadadas em frente a própria casa.
  8. A oitava vítima foi Mirian Locane, irmã de Billy, também morta a machadadas.
  9. A nona vítima foi Willian Gregory, dono de uma loja de relógios, que foi morto “esfaqueado com uma chave de fenda”.
  10. A décima vítima, para se encerrar a parte do ritual conhecida como Ten Hearts, foi Eric Walsh, balconista do bar que atravessamos em Silent Hill 4. Foi morto com um tiro no rosto.
  11. A décima primeira vítima foi o próprio Walter Sullivan.
  12. Para a vítima de Void foi escolhido Peter Walls, um estudante drogado. Foi morto espancado até a morte num quarto de hotel do South Ashfield.
  13. Para a vítima de Darkness foi escolhida Sharon Blake, uma dona de casa, que foi afogada nas florestas de Silent Hill.
  14. Para a vítima de Gloom foi escolhido Toby Arehbelt, outro sacerdote do culto, que foi derrubado de penhasco de uns 30 metros.
  15. Para a vítima de Despair foi pego Joseph Schreiber, um jornalista que pesquisava casos estranhos. Ele começou a se aprofundar na história de Wish House e de Walter. E como ele também morava no apartamento 302, coisas estranhas começaram a acontecer com ele e com o apartamento. Ele foi entrando em desespero, enchendo a casa de velas até que ele descobriu que o corpo de Walter estava numa salinha secreta. Mas ele não conseguiu quebrar a parede para lá e acabou sendo consumido por esse mundo estranho.
  16. Para a vítima de Temptation foi escolhida Cynthia Velasquez, uma mulher promíscua. Foi morta com várias facadas na estação de metrô.
  17. Para a vítima de Source, Jasper Gein. Por que? Source significa fonte, não? Jasper vivia xeretando o orfanato Wish House, a fonte de todo o problema. Foi queimado vivo por Walter junto com o orfanato (ou pelo satã? HAHAH)
  18. Para a vítima de Watchfulness, foi eleito Andrew DeSalvo, porque ele era simplesmente o zelador da torre circular. Foi morto por afogamento na sala de tortura da torre circular.
  19. Para a vítima de Chaos foi eleito Richard Braintree. Ele foi escolhido por manter o caos por onde ele passava. Era vizinho de Henry e parecia ser um cara bem nervoso e desregulado. Foi morto numa cadeira elétrica, no apartamento Ashfield Heights.
  20. Para Mother foi escolhida Eileen Galvin, por que é mulher, oras, e porque foi uma das únicas pessoas que Walter conheceu que o tratou bem. De modo que ele a pôde enxergar como a “Mother Reborn”, que é a descrição completa da vítima de “Mother”.
  21. E para a vítima de Wisdon, Henry Townshend.

História de Walter Sullivan

Como todos já perceberam, Walter Sullivan é o protagonista dessa história, apesar de jogarmos com o nosso chapado querido Henry.

Tudo começa em Silent Hill 2, que passamos a conhecer um Walter louco e alucinado que naseu em Pleasant River, matou duas crianças a machadadas, foi preso e se suicidou em uma prisão. E logo encontra-se uma cova com seu nome junto à de James, Angela e Eddie, levando a crer que ele foi perseguido pelos poderes de Silent Hill.

Agora em SH4, vemos um Walter que não nasceu em Pleasant River, mas sim em South Ashefield. Os relatórios do jornalista Joseph levantam a possibilidade de ele ter sido preso, mas logo a derruba, dizendo que quem foi preso foi um inocente.

Agora, se foi um inocente, porque ele admitiu o crime, e porque Silent Hill criou uma cova com o nome de Walter, e não o nome real do inocente?
E se foi realmente Walter que foi preso, porque ele ficou dizendo tantas bobagens à polícia tentando se explicar?

O próprio Silent Hill 4 indica que Walter foi preso, mas depois desmente. No final encontramos um corpo sem marca alguma no pescoço, mas o texto publicado diz que ele morreu com golpes de colher na carótida....
A Konami parece ter feito uma puta duma confusão nesse jogo. 

Enfim, uma curiosidade na lista específica de vítimas, podemos ver no decorrer do jogo que Henry não era apenas a "Sabedoria" do jogo, porque ele não sabia exatamente o que estava acontecendo, mas ele era o "Recebedor da Sabedoria" (ou Receiver of Wisdon), ou seja, ele teria a honra de saber de tudo o que estava acontecendo naquele mundo, no seu apartamento e com os seus vizinhos.

Henry ficou preso no apartamento 302 porque Walter estava dando procedimento ao seu ritual e com isso o quarto vai indo pouco a pouco para dentro do Mundo Paralelo.

O buraco que aparece no banheiro de Henry é apenas um caminho rápido que o leva para testemunhar as mortes que Walter está causando.

No começo Henry entra no buraco né, porque não tem escolha do seu caminho, e lá ele encontra-se com Cynthia Velasquez.

Cynthia era uma mulher promiscua que acaba dando em cima do coitado do Henry e promete a ele um favor especial em troca de ajudar ela a encontrar a saída. Só que... Sempre existem contratempos né... Eles acabam se desencontrando e encontrando de novo, dai acontece algumas coisas locas, dai eles se separam e juntam de novo (tipo novela mexicana) e no fim, acaba que Henry não chega a tempo e Cynthia morre esfaqueada por Walter na cabine do metrô. No peito dela tinha uma marca "16121".

Henry acorda em seu quarto, deitado na cama e lá ele pensa que foi tudo um sonho. Na janela da pra ver a Ambulância na entrada do metrô (poderia ser Cynthia? ele se pergunta) e logo o rádio liga sozinho e transmite uma reportagem sobre a morte de Cynthia e que a polícia acha que tem um Copycat fazendo o trabalho de Walter (lógico, porque, a polícia viu que Walter se suicidou!).


Os Fantasmas

Bem, os fantasmas ou zumbis voadores (como eu os apelidei carinhosamente) aparecem normalmente no decorrer do jogo. São os inimigos mais fortes de todo o jogo, uma porque eles não morrem e outra que fazem você perder energia sem nem te encostar.

Esses fantasmas são as vítimas de Walter, aquelas de 1 a 10 e as outras que ele está matando no decorrer do jogo.

É possível que algumas criaturas do jogo, aquelas que morrem, possam ser também algumas vítimas, como por exemplo o monstro "Victim-07+08" eram os irmãos Locane.

Depois de Henry encontrar-se com Cynthia no metrô, ele volta pro apartamento sabendo o que aconteceu e entra novamente no buraco mas, ele vai parar onde... onde? Na floresta de Silent Hill!
Lá ele se encontra com Jasper Gein, um gago louco que queria se encontrar com o demônio (ele tinha uma camiseta verde e estampada nela tinha o demônio Samael! uuu).

Antes de encontrar-se com Jasper, Henry encontra um carro com os faróis acessos perto de uma árvore, lá dentro tem um bilhete do próprio gago falando que queria ir para Silent Hill para se encontrar com o demônio!

Henry passeia por toda a floresta, encontra o lago Toluca e lá também encontra Walter, só que criança ainda.

Depois, quando Henry consegue pegar a chave da Wish House, ele e Jasper entram na mesma. Lá podem ser encontrados documentos falando sobre Alessa, O Culto e sobre Walter. E logo em um quarto, Jasper morre queimado e com um punhal escreve no próprio peito os números "17121".

Enfim, Henry tem o seu desmaio diário e acorda em seu quarto novamente. No rádio fala sobre o incêndio criminoso na Wish House e que foi encontrado o corpo carbonizado de um homem e falaram dos números no peito dele, assim comentando novamente sobre o copycat de Walter.

Voltando para o buraco do banheiro, Henry aparece caído no chão da Prisão Circular!
Essa prisão circular pertencia ao O Culto, e todas as crianças que eram desobedientes no orfanato Wish House eram mandadas para lá e eram punidas e torturadas. Alguns casos eram até mortas.

Lá Henry encontra Andrew DeSalvo, o zelador do prédio South Ashefield. Ele no inicio estava preso em uma das celas, e já sabia que Walter estava atrás dele... Ai tá, Henry passeia pra lá e pra cá, se encontra pela primeira vez com aquelas criaturas "Victim-07+08", lesmas e etc.

Ai, Andrew consegue sair da sua cela uma hora e depois conta para Henry sobre como Walter era fanático pelo O Culto.

Então Henry continua sua jornada, ele se encontra com o pequeno Walter e ai descobre a sala de tortura que ficava atrás da cozinha. Lá ele encontra Andrew morto boiando na água podre e em sua barriga estava marcado os números "18121".
 
Henry volta para o apartamento, acha mais documentos, Frank e Eileen tentam abrir o apartamento de Henry mas nada dá certo. Se vocês tiverem um tempo ai na casa do Henry, vejam o quadro sobre o lago Toluca que está na sala. Lá Henry fala que ganhou esse quadro do síndico, Frank, e que ficou sabendo da história terrível que aconteceu com eles em Silent Hill na última viagem, no quadro diz que o seu filho e a sua nora desapareceram lá na cidade e nunca mais voltaram (pobre James, agora sabemos que Frank é pai de James! Ohh :D). Pulando isso, ai ele volta ao buraco, indo parar no prédio em frente ao seu apartamento. Um hotel. Esse é o papel de Henry. Testemunhar as coisas.

Então, Henry se encontra lá com seu vizinho Richard Braintree, ele tinha caído do alto de um prédio (e nem quebrou nada). Richard fica confuso por estar naquela lugar junto com seu vizinho e logo conta para Henry que alguma coisa maluca está acontencendo com eles e que algo tem a ver com o rapaz que morava no quarto 302 antes de Henry. Diz também que Joseph desapareceu um dia do além e no fim, Richard é grosso e vai embora sem dar tchau.

Continuando a trilha. Henry vê Richard tentando intimidar o Walter pequeno. E também passa por vários lugares onde morreram outras vítimas de Walter, como por exemplo, a Pet Shop onde morreu Steve Garland. O legal dessa parte do Pet Shop é que na primeira vez que entramos lá, o lugar está arrumado, ai quando saimos, podemos escutar os barulhos de metralhadora e logo quando entramos a loja está toda cheia de sangue e aqueles cachorros monstros. Lá podemos encontrar o jornal que fala que o Sr.Garland tinha sido assassinado.


NOTA IMPORTANTE: Nesse mundo que o Walter criou a sua alma ficou dividida em duas partes: Uma é agressiva e má, que seria o Walter adulto já com seus 30 anos, e a outra é inocente e dócil que é quando ele era apenas uma criança. A parte adulta quer só quer matar as pessoas e completar o ritual e a infantil que apenas ficar junto de sua "mãe" para sempre.

Bem, continuando a jornada, Henry passa por lugares terriveis, cheios de macacos de duas cabeças que só sabem fazer uma barulheira do caralho, logo ele encontra uma escadaria quase infinita e finalmente chega no apartamento 207. Não sabemos como, mas o apartamento que hospedava o nosso amigo Richard foi parar lá naquele hotel milagrosamente, mas enfim, coisa de mundo paralelo... Lá dentro aparece Richard morrendo eletrocutado numa cadeira de rodas e na sua testa aparece as marcas "19121" e ele, enquanto morre, fala que a criança (o Walter) era o cara "11121", ou seja, Richard descobriu que a criança era o Walter Sullivan e que ele estava matando as pessoas. Não se sabe como ele descobriu isso, mas, talvez o Walter tenha contado mesmo para informar o Henry né, já que ele tem que saber de tudo.

Ai, Henry faz toda aquelas reviravoltas dele né, volta pro quarto e volta pro buraco novamente (Henry observa que Eileen está se trocando, ela irá para uma festa daqui a pouco! oh).

Ai ele vai parar no prédio onde ele mora. O lugar está totalmente nojento e cheio de sangue para todo lado. As paredes parecem que são feitas de carne viva e o chão estão com o carpete todo podre ou cheio de grades pra lá e pra cá. Então Henry vê Walter batendo na porta do apartamento de Eileen. Henry ficou todo desesperado e começou a correr contra o tempo... Ele corre, corre, corre, corre, e corre mais um pouco, vai pra cima e pra baixo, e corre mais e mais...
Aí, Henry se encontra com Walter na escadaria, ele estava sentado e fala algo sobre a Eileen, que ele tinha a conhecido há um tempo atrás quando ela havia dado aquela boneca para ele, ai ele deixa a boneca nos pés de Henry e ele pode pegar para si (aconselho a não pegar, dá problemas pra gente). Daí Henry corre mais e mais, até que ele chega meio tarde demais e quando ele finalmente consegue entrar no quarto da Eileen, ela já tinha sido atacada por Walter mas ainda não estava morta, em suas costas tinha a marca "20121".
Enfim, Henry volta para o quarto e escuta a Ambulância saindo do estacionamento do seu prédio, e logo ele tem a certeza de que Eileen não está morta e tem chances de viver, mas tem um porém, como Eileen não morreu Walter provavelmente irá atrás dela novamente. (OH SHIT)

Agora pulando um pouco a parte dos fantasmas, vou falar sobre uma parte do ritual do Walter.
Walter tem que matar pessoas com carateres específicos com as que o ritual exige e seriam:

Void (Vazio), Darkness (Trevas), Gloom (Tristeza), Despair (Desespero), Temptation (Tentação), Source (Fonte), Watchfulness (Observação), Chaos (Caos), Mother (Mãe) e Wisdon (Sabedoria).

Henry encontrou quatro vítimas do Walter, e eram elas Temptation, Source, Watchfulness e Chaos, e sempre perto do local de cada crime havia uma plaqueta que correspondia com o carater de cada pessoa. Cada uma dessas plaquetas representam uma redenção para uma vítima (segundo o documento Holy Scripture Scrap).
 
Henry depois de ver que a querida Eileen havia sido dirigida para o hospital, tentou ir o mais rápido possível até o buraco do banheiro para tentar salvá-la, mas uma surpresa, quando ele chega no banheiro o buraco está fechado, apenas com o contorno do Halo of Sun. Então, debaixo da porta havia um talismã e dentro dele as instruções para como abrir o novo buraco.
Henry se dirige para a lavanderia e coloca as plaquetas no devido lugar e o talismã no meio e voila! Um novo buraco novinho em folha para viajarmos para o Mundo Paralelo.

Esse novo buraco leva Henry para o hospital onde Eileen está internada. Lógico que o hospital está modificado, pois está no mundo de Walter. Logo ao entrar no hospital. Henry se depara com Walter, que está mexendo no interior de um corpo de mulher.
No Hospital Henry vai andando e andando, atravessa algumas cadeiras de rodas maniacas, anda mais um pouco, entra em várias e várias salas cheias de coisas malucas e grotescas e finalmente encontra o quarto em que Eileen está internada.

Lá eles tem um encontro agradável e pouco desesperado e Henry logo a leva para fora do Hospital.
Uma coisa importante que Eileen falou é que ela foi salva pela criança, o Walter pequeno, ou seja, Walter adulto está caçando ela novamente e Henry fez o favor de tirar ela do caminho e trazer mais trabalho para o coitado do serial killer dócil.

Henry e Eileen vão ter grandes aventuras. Eles chegaram dentro do banheiro onde havia um buraco para voltar ao apartamento, mas uma coisa aconteceu, Henry tentou levar Eileen junto consigo, mas o pior aconteceu, o buraco na parade só podia ser visto por Henry, Eileen via apenas uma parede sem nada ali.
Nosso querido rapaz deixa a moça para trás e entra no apartamento dele e lá ele se encontra com Joseph, o antigo morador do quarto 302. Lá a "alma" de Joseph fala algo com "Você também viu aquele outro mundo... ele é perigoso... ainda há esperança... continue descendo, até a parte mais profunda dele."

Então Henry volta para o banheiro e se encontra com Eileen novamente. Depois que eles sairam do Hospital macabro e entrarem numa porta que tem o símbolo parecido com o do Halo of Sun, chegaram num lugar total paralelo com uma enorme duma escada giratória que descia para várias portas iguais a primeira que eles entraram.
Cada porta levava os dois para os lugares onde as vítimas, que Henry testemunhou, morreram. Ou seja, eles iram passar pelo metrô, floresta de silent hill, prisão e os prédios novamente só que agora com os nossos queridos fantasmas mais fortes e especiais atacando eles! (HOLY SHIT!)

Nesse meio caminho turbulento Eileen fica possuida, tenta matar alguns animais com uma bolsinha, deixa o Henry com dor de cabeça e tudo o mais.  
Chegando na Floresta e Silent Hill,  eles também encontram com o Walter criança, e ele fala um pouco de seus pais verdadeiros, mas nada que eu já não tenha dito. Passam pela prisão e pelo Hotel. Sempre juntando mais e mais informações.


Então finalmente chegam no "último" nível do mundo paralelo, o quarto 302 de Joseph. Um quarto cheio de velas (ah esqueci de dizer: durante o jogo podemos pegar velas sagradas, elas limpam o quarto dos fantasmas e também ajudam Eileen a não ficar possuída, isso ajuda muito! E essas velas no quarto são pra mesma finalidade) e encontram com Joseph! Ele foi pego pelos fantasmas ou algo assim e ficou preso no apartamento alternativo, ele aparece de ponta cabeça no teto. Porém, de algum modo, ele ainda foi capaz de escrever e ajudar Henry na sua jornadinha.

É aí que descobrimos a arma final contra Walter. Joseph dá uma pequena explicação sobre Walter e manda-os seguir o "Crimson Tome", e comenta algo importante que Eileen está sendo tomada pelo mundo paralelo de Walter, ela é a "Mãe Renascida" (as intenções de Eileen provavelmente são as de ajudar Walter no seu ritual).
>
Agora, o que é esse "Crimson Tome"? Trata-se de um ritual de reversão ao "Holy Assumption". Ele também fala da origem macabra do "Holy Assumption" que na verdade não era um ritual sagrado. Ele manda basicamente: Enterrar parte da carne da mãe dentro da carne do conjurador (no caso, Walter). E perfurar o corpo do Conjurador com as oito lanças Void, Darkness, Gloom, Despair, Temptation, Source, Wathcfulness e Chaos. (ou seja, uma lança para cada uma das vítimas especiais). Assim, o super corpo do conjurador, vai se tornar mortal novamente.

Então. Henry pega uma picareta chamada "Hope" e volta ao seu quarto, quebra a parede falsa (que Joseph não tinha conseguido quebrar), e encontra o verdadeiro corpo de Walter já podre. O corpo parecia que estava preso em uma cruz cheia de penas pretas e sem o coração no peito (como ele fez isso com o próprio corpo ainda é um mistério).

Com ele, encontra as chaves para as correntes da porta. Então ele sai do quarto. E surpresa! Tudo está alternativo! O porque disso é que o quarto está quase totalmente mergulhado no mundo paralelo de Walter. Então Henry e Eileen vão parar novamente no apartamento. Andam, andam e andam. Chegam no primeiro andar. Lá eles encontram algumas folhas com desenhos de criança, onde tinha desenho do pai de Walter. Isso mesmo! Walter sentia falta de um pai... Oh pobrezinho...

Então, Henry continua o caminho e encontra com corpos pendurados e acorrentados. Cada um carregando uma lembrança do pai de Walter. É aí que percebemos o desgosto que Walter tinha de seu pai. Depois de ver todas as lembranças, Henry consegue acesso ao único quarto do apartamento que ainda não tinha entrado.

Lá está o cordão umbilical de Walter. É o apartamento do sindico Frank Sunderland que  ao achar a criança recém nascida pegou o cordão umbilical e guardou em uma caixa em seu apartamento (porque Frank pegou o cordão umbilical? Vai saber...). Qual a importância de se pegar o cordão umbilical? Ele é a única parte disponível da "carne da mãe" para ser utilizada no ritual do "Crimson Tome". Mas é ai que começa a chatice... Eileen decide ir até Walter porque foi tomada por esse mundo paralelo, e vai embora.

Então Henry corre de volta ao seu quarto, 302, e ao chegar no corpo de Walter, vê que ele não está mais lá. Ambos foram "tragados" por um buraco embaixo do corpo. Então Henry vai atrás deles. (primeiro ele aparece em um lugar vermelho. É o lugar onde estão as dez primeiras vítimas. Cada uma está desenhada em vermelho em várias pedras).

Logo depois Henry entra em uma sala onde tem mais pedras iguais as primeiras só que agora representando as vítimas especiais.

Walter está lá mandando Eileen ir para o fim da sua vida. Ela está andando numa rampa que leva em direção a uma máquina com um globo giratório e envolta dele tem vários aros cortantes, essa máquina não existe mas pode ser encontrada em livros den rituais ou coisa do tipo, a máquina se chama
"Máquina do Inferno" (ela apareceu uma vez num filme, os 13 fantasmas, ela serve para trazer alguma coisa do inferno ou mandar algo pro inferno, e também você precisava de 13 pessoas para que se tornassem os fantasmas. Por falar nisso, a história do filme é bem parecida com o SH4... Assistam!).

No meio de toda a cena tem um corpo que mais parece um fantasma debaixo de um tecido velho e rasgado. Esse corpo enorme é o verdadeiro corpo de Walter, e o outro é apenas um espírito que está contralando tudo!

Para parar o ritual de Walter, Henry terá que reverter o ritual antes que ele se complete, ou seja, ele terá que transformar Walter em mortal novamente para que possa o matar antes de Eileen morrer, ou de ele mesmo morrer. Então ele corre e faz o ritual do "Crimson Tome", que é apenas pegar as oito lanças que estão nas pedras em fincar no corpo enorme e transformado, quando todos estiverem ali, Henry coloca o cordão umbilical eee.... o corpo morre e o espírito de Walter volta a ser mortal e assim começa a batalha. Henry o mata e fim.

O resultado final depende do que o jogador fez ao longo do jogo.
Considerando-se o final “21 Sacraments”, Walter completa o ritual, sacrificando Eileen e também Henry. Eileen é encontrada morta nas florestas de Silent Hill, e Henry é encontrado totalmente desfigurado, enquanto Walter fica com cara de cu no apartamento novo que arranjou.

Já no final “Mother”, Henry e Eileen conseguem fugir, mas o apartamento é perdido permanentemente para mundo de Walter.

No final “Eileen’s Death”, Henry consegue impedir que Walter complete o ritual, salvando o apartamento dos fantasmas e destruindo Walter, mas deixando que Eileen morra.

Porém, Porém, no final bom, o “Escape”, Walter é morto por Henry, o apartamento volta ao normal, e Henry e Eileen se encontram no hospital. E está tudo razoavelmente bem.


Fim!!!

    Gostou? Compartilhe:

    1. Li tudo! O.O
      Mto interessante a história! xD
      Meio doida, mas legal.

      Até hj só joguei um pouco de SH.... mas tenho medo, então só assistia meu irmão jogando. SH 2 e 3 nunca joguei, só vi vídeos e fotos. Acho mto interessante e perturbadora a história do jogo...

      Enfim, adorei a postagem! xDD

      ResponderExcluir
    2. AEAEAE, mtu obrigada, demorei uns dias pra terminar isso tudo D:

      o mais dificil foi achar as imagens, USHAUISHAIUHSIUAHSUI

      eu gosto mtu de SH4, a maioria das pessoas detestam ele por que mudou totalmente a jogabilidade e pq num tem lanterna.

      Mas mesmo assim, eu amo o Henry e o Walter... Eileen merece um chute na perna manca!

      HSIUHAISHAIUSHAIUHSIU

      ResponderExcluir
    3. O a senhorita Morte voltou Eba !!!
      Eu gosto desse jogo pacas e um daqueles que salvava toda hora porque tinha medo de morrer (e tinha medo e desligava e depois jogar de novo) foi o que mais me deu medo até agora mais ainda preciso jogar outros ainda.
      Muito boa a materia finalmente consegui entender certas coisas que não estava entendo muito obrigado Senhorita Morte.

      ResponderExcluir
    4. Ahh esqueci e quase e alguem que temos que escoltar e manca ou não bate em ninguem ou so enche o saco ou etc.

      ResponderExcluir
    5. Ô, no meu site tem a tradução desses documentos sobre as vítimas do Walter, sabia? \^^/

      Eu coloquei na seção Artigos (tem a descrição lá, "Tradução do documento sobre as vítimas de Walter Sullivan"). Mas acho que vou mudar, vou ver se coloco na seção de documentos do SH4, afinal é isso que ele é, né :P

      Enfim, por enquanto tá em Artigos. Veja lá o/

      ResponderExcluir
    6. ebaa, adoro esclarecer duvidas das pessoas!

      é Jamesi, eu sei teu site de cor, visito ele desde 2004... HIUSAHSIUAHSI, eu já li todos lá, só que a minha internet aqui na praia é tão rápida que eu num consegui entra no teu site ;-;

      ResponderExcluir
    7. E parece que a praia e o inferno mesmo XD.

      ResponderExcluir
    8. Esse é meu Silent Hill preferido, tem a história mais legal e original da série desde o primeiro, que também é muito boa embora goste mais dessa!

      ResponderExcluir

    ÚLTIMAS NOTÍCIAS!